ERP para indústria: importância e como escolher

Veja as principais vantagens do ERP para indústria, como funciona, sua importância e a aplicação do MRP I e MRP...

Entender a importância vital dos ERP para indústria e saber como escolher o adequado para atender às necessidades específicas do setor pode ser um grande diferencial de mercado. 

Na era da indústria 4.0, em que a tecnologia se entrelaça com os processos de produção de forma mais complexa do que nunca, a gestão eficiente tornou-se a chave para o sucesso das empresas industriais. 

É nesse cenário que os sistemas integrados de gestão empresarial (ERP) desempenham um papel crucial. Estes sistemas não são apenas ferramentas de software; são a espinha dorsal da operação industrial moderna. 

O ERP para indústria é uma ferramenta indispensável, principalmente para aquelas com alto fluxo de informações e processos diários, sendo indicada para negócios de qualquer porte e segmento, oferecendo um importante apoio à tomada de decisão. Quer entender melhor? Siga conosco!

O que é ERP?

Conforme mencionado, um sistema ERP (Enterprise Resource Planning) é um software que integra os processos de gestão de uma empresa, desde a produção até a venda, passando pelo estoque, compras, finanças, qualidade e recursos humanos. 

O ERP é capaz de integrar todas as informações e processos de um negócio em um banco de dados centralizado. Assim, em vez de usar planilhas e sistemas diferentes para cada setor, você usará uma ferramenta única, que consegue integrar todas as áreas do negócio.

A partir do uso do ERP, é possível, portanto, controlar a movimentação dos insumos produtivos, emitir notas fiscais, gerenciar todos os custos, ter uma visão mais abrangente da produção, avaliar o desempenho das equipes comerciais etc.

O ERP funciona como um banco de dados centralizado dos inúmeros processos do seu negócio – e, justamente por isso, oferece a possibilidade de analisar os dados em tempo real, medindo a produtividade e a lucratividade.

O objetivo central de um ERP é facilitar o fluxo de informações, a comunicação, a colaboração e a padronização dos processos. Além disso, ele permite o monitoramento, a análise e o controle dos indicadores de desempenho e dos resultados da empresa.

Um ERP pode ser dividido em módulos, que são conjuntos de funcionalidades relacionadas a um determinado processo ou área da empresa.

Por exemplo, um módulo financeiro pode incluir funções como contas a pagar, contas a receber, fluxo de caixa, conciliação bancária etc. Já um módulo de produção pode incluir funções como ordens de produção, controle de estoque, planejamento e controle da produção (PCP) etc.

É bom esclarecer que um ERP pode ser classificado em diferentes tipos, de acordo com o seu escopo, abrangência e complexidade:

  • ERP horizontal é aquele que atende a diversos segmentos de mercado, com funcionalidades genéricas e padronizadas. 
  • ERP vertical atende a um segmento específico de mercado, com funcionalidades personalizadas e adaptadas às necessidades desse setor. 
  • ERP cloud é hospedado na internet, sem a necessidade de instalação local. 
  • ERP on-premise é instalado nos servidores da empresa. 
  • ERP híbrido é aquele que combina as características dos dois anteriores.

MRP e MRP II

Entre os conceitos e métodos de gestão para indústrias, é comum encontrar as siglas MRP e MRP II, que são ferramentas voltadas ao gerenciamento de materiais em uma indústria.

Diferentemente de um comércio que compra e revende produtos, as indústrias compram matérias-primas e transformam em produtos acabados. 

Esse processo traz uma complexidade ainda maior à gestão de estoques e os sistemas MRP ajudam a resolver isso projetando, no futuro, a necessidade de compras e produção de acordo com inúmeros fatores, como demandas previstas, matérias-primas disponíveis etc.

Alguns sistemas também gerenciam a capacidade das máquinas e dos demais equipamentos da indústria, permitindo ao gestor avaliar de uma maneira macro se o seu maquinário tem capacidade para atender as demandas produtivas.

Qual é a importância do ERP para a indústria?

A importância de um ERP para indústria está relacionada principalmente aos benefícios que ele pode trazer para a gestão industrial, como:

Aumento da produtividade e da qualidade dos produtos

Isso acontece porque o ERP permite o planejamento, o controle e a otimização dos processos produtivos, reduzindo desperdícios, retrabalhos e erros.

O ERP para indústria aumenta a produtividade, pois o software especializado consegue evitar falhas na produção, automatizar processos e gerir melhor as equipes.

Redução de desperdícios e de custos operacionais

Uma vez que o ERP integra as informações de todas as áreas da empresa, acaba facilitando o fluxo de caixa, a gestão de estoque, a compra de insumos, a emissão de notas fiscais, entre outros.

A redução de custos acontece, pois será mais fácil controlar o que a empresa precisa produzir, quais matérias-primas devem ser compradas, como fazer o gerenciamento de estoques e outros pontos, reduzindo o desperdício e cortando gastos desnecessários.

Melhoria do planejamento e da tomada de decisão

Um ERP para indústria fornece dados confiáveis e atualizados sobre o desempenho da empresa, permitindo uma análise mais precisa e estratégica dos indicadores e das tendências do mercado.

Maior controle sobre os processos e os recursos

Um sistema ERP para indústria possibilita o monitoramento em tempo real das atividades do chão de fábrica, dos equipamentos, dos materiais e da mão de obra, garantindo a rastreabilidade e a conformidade dos produtos.

Maior integração entre os departamentos e as áreas da empresa

Por meio de um ERP para indústria, é possível eliminar os silos de informação, melhorando a comunicação, a colaboração e a padronização dos processos entre as equipes.

Com a integração de todos os setores e a comunicação em tempo real das áreas, é possível ter  uma visão mais geral da empresa, o que ajuda a tomar decisões mais acertadas, como o gerenciamento dos estoques, compras etc.

Maior competitividade e satisfação dos clientes

A ferramenta ERP ainda aumenta a capacidade de atender às demandas e às expectativas dos consumidores, oferecendo produtos de qualidade, com prazos adequados e preços competitivos. 

Portanto, um ERP para indústria é um instrumento essencial para sair na frente dos concorrentes, melhorando a gestão e atraindo novos clientes. 

Mas se ainda tem dúvidas sobre a importância da implantação de um ERP industrial, confira mais vantagens. 

Quais são as principais vantagens de um ERP para indústria?

Como o ERP consegue centralizar todas as informações da empresa em um só local, ele traz uma série de vantagens, como alinhamento entre as áreas, controle de produção, gestão de estoque, gestão financeira, gestão de recursos humanos, gestão da qualidade, gestão estratégica. 

Além disso, podemos elencar outras como:

  • Possibilidade de antever problemas e prever situações, graças ao gerenciamento automático dos dados, inclusive permitindo prever e agendar paradas de manutenção, fazer identificação de falhas, entre outros;
  • Gestão de equipes acertada, graças aos relatórios e índices do ERP, permitindo avaliar o nível de produtividade dos setores e das pessoas, identificando mais facilmente os pontos que precisam de melhorias na empresa, projetos de capacitação e outras ações de RH;
  • Agilidade na comunicação, o que é crucial para uma tomada de decisão mais estratégica, pois o ERP integra, de forma harmônica, todos os integrantes do time, com disparo automático de ordens de serviço, alertas de compra para repor estoque, entre outras ações que podem ser automatizadas, liberando tempo dos funcionários;
  • Otimização dos custos de TI, pois o ERP unifica os sistemas e reduz os gastos com infraestrutura, licenças, suporte e treinamento.
  • Maior transparência, já que o ERP permite o acesso a todas as informações importantes da empresa em um só lugar, facilitando o monitoramento, a análise e o controle dos processos e dos resultados.

Como funciona o ERP para indústria? 

Um ERP para indústria é dividido em diferentes processos, no qual são interligados entre si, o que torna mais simples ter acesso a relatórios precisos e também cruzar dados e informações, até mesmo automatizando algumas tarefas.

Alguns que podem estar presentes em um ERP industrial são:

Gestão da produção

Permite o planejamento dos recursos produtivos por meio do MRP e MRP II, produção contínua, lean manufacturing, gerenciamento multi-planta e multi-locais, usando de maneira mais efetiva a capacidade produtiva.

Além disso, é possível fazer:

  • Verificação do quanto a indústria está usando dos recursos disponíveis;
  • Rastreamento por etapa de produção para visualizar em qual etapa do roteiro estão localizadas as ordens de produção;
  • Controle total dos fluxos e movimentações de estoque;
  • Gerenciamento dos processos terceirizados;
  • Controle das matérias-primas a partir da data de validade etc.

Gestão de compras

  • Gerenciamento do relacionamento com os fornecedores;
  • Pedidos eletrônicos em função do estoque e do giro de produtos;
  • Cotação online dos produtos;
  • Conferência dos pedidos de clientes em uma única operação;
  • Entre outros.

Gestão de vendas

  • Acompanhamento do desempenho das equipes comerciais;
  • Gerenciamento do limite de crédito para os clientes;
  • Auxílio no aumento da rentabilidade;
  • E muito mais. 

Gestão financeira e contábil

A gestão financeira e contábil é feita por meio de:

Gestão de pessoas

Gestão de CRM

  • Gerenciamento do relacionamento com clientes, fornecedores e outros públicos de interesse da sua indústria, ajudando a melhorar o marketing.

Além desses, alguns sistemas ainda contam com Inteligência Artificial e Business Intelligence.

Isso significa a possibilidade do ERP cruzar dados e gerar relatórios precisos, com indicadores essenciais para uma gestão mais estratégica e uma tomada de decisão acertada, melhorando os resultados da indústria.

Portanto, um ERP industrial é uma ferramenta essencial para melhorar a gestão e o desempenho da empresa industrial.

Mas, lembre-se: na hora de escolher um ERP para indústria, é importante verificar se ele atende às especificidades do setor industrial, se oferece uma solução adequada às necessidades da empresa, se tem uma boa reputação no mercado e se presta um bom atendimento e suporte ao cliente. 

Além disso, é fundamental que o processo de implantação seja feito com qualidade, seguindo um cronograma e um escopo definidos, com o envolvimento e o treinamento dos usuários. 

Por fim, é essencial que o software seja moderno, seguro, estável, flexível e atualizado como o ERP Sankhya. 

ERP Sankhya para indústria

Na imagem, a tela de controle de produção do Sankhya, ERP para Indústria.

Se você chegou até aqui, sabe que a indústria moderna é um ambiente complexo, em que a gestão eficiente de recursos e processos é essencial para o sucesso. 

Nesse contexto, o ERP para indústria da Sankhya é considerado uma ferramenta poderosa para impulsionar a produtividade e a competitividade das empresas do setor.

A Sankhya é uma das principais empresas brasileiras de tecnologia e oferece uma solução completa para indústrias que buscam otimizar suas operações.

Uma das vantagens mais notáveis do ERP Sankhya para a indústria é a capacidade de integração total. Essa harmonização elimina redundâncias, minimiza erros e acelera a tomada de decisões.

O ERP Sankhya também permite um controle detalhado sobre todos os aspectos da fabricação, desde o estoque de matérias-primas até a entrega do produto final, resultando em maior eficiência na produção, redução de desperdícios e a capacidade de atender às demandas do mercado de maneira ágil.

E mais: com o ERP Sankhya, as empresas podem acompanhar de perto os gastos, identificar áreas de oportunidade para economia e tomar decisões financeiras baseadas em dados sólidos, contribuindo para uma gestão financeira mais saudável e sustentável.

O sistema ERP Sankhya coleta e apresenta dados em tempo real, permitindo que os gestores tomem decisões informadas rapidamente e ajustem estratégias, respondendo a mudanças no mercado com a agilidade necessária para prosperar.

Por fim, o ERP Sankhya para a indústria é mais do que uma ferramenta de software, é uma parceira estratégica que pode impulsionar o sucesso de qualquer empresa no setor

Com capacidade de integração, controle de produção aperfeiçoado, gestão financeira precisa e agilidade na tomada de decisões, ele se torna um aliado poderoso na busca pela eficiência e pela competitividade.

O ERP Sankhya atende indústrias de manufatura, automobilística, química ou qualquer outra e oferece as ferramentas necessárias para se obter um excelente desempenho em um mundo empresarial cada vez mais desafiador.

Não espere mais. Sua indústria merece a excelência operacional proporcionada pelo ERP Sankhya. 

Entre em contato e descubra como podemos impulsionar o sucesso do seu negócio.

Sobre o autor
Redator Sankhya

Olá! Este post foi escrito por nosso redator oficial Sankhya. Deixe seu comentário abaixo sobre o que você achou deste texto :)

Receba nossa newsletter

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Receba nossa newsletter

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Região Sudeste
Sul
Região Nordeste
Região Centro-oeste
Região Norte

Central de Vendas  0800 940 0750
plugins premium WordPress
SOLICITE ORÇAMENTO

Envie seus dados que logo nossos especialistas entrarão em contato.

Torne-se uma unidade Sankhya

Para análise inicial de aderência ao Programa Unidades de Negócios Sankhya, favor preencher o formulário abaixo.

SOLICITE ORÇAMENTO

Envie seus dados que logo nossos especialistas entrarão em contato.

Sua inscrição foi realizada com sucesso.

SOLICITE UMA PROPOSTA

Nossos consultores estudarão a fundo suas necessidades e apresentarão as melhores soluções para a sua empresa.

Fale com um Consultor

Obrigado por se cadastrar

SOLICITE ORÇAMENTO

Envie seus dados que logo nossos especialistas entrarão em contato.

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.