Entre em contato: 0800 940 0750 PT | EN

PT | EN
Solicite um orçamento

Como escolher um sistema de gestão financeira para meu negócio?

Utilizar um sistema de gestão financeira é muito mais uma necessidade do que simplesmente uma sintonia com as recentes tecnologias do mercado. Afinal, empresas informatizadas possuem vantagens competitivas indispensáveis no cenário atual de forte concorrência. Além disso, um software de gestão financeira contribui para o aumento de produtividade e para a redução de custos.

Veja, em seguida, alguns critérios que você pode usar na escolha de um sistema de gestão financeira.

Adequação ao segmento da empresa

O mercado de tecnologia da informação dispõe de uma grande variedade de soluções para a área empresarial. Mesmo assim, na hora de optar por um sistema de gestão financeira, você deve analisar se o software atende às necessidades do setor econômico ou do segmento do seu negócio. Por exemplo, existem sistemas voltados para atacado, varejo, serviços, indústria ou agronegócio.

Integração de áreas e processos

Um dos benefícios de um sistema de gestão financeira é possibilitar uma visão integrada do negócio, para facilitar a tomada de decisão do gestor. Além disso, quando os processos estão interligados, como os do setor de compras e os da área de contabilidade, a empresa ganha em aumento da produtividade.

Afinal, com o fluxo de informações automatizado, a comunicação entre os departamentos da empresa se torna mais eficiente. Com isso, reduzem-se os retrabalhos e as inconsistências nos dados.

Sistema de gestão financeira fácil de usar e de interpretar

Um dos requisitos básicos de um software de gestão financeira é a facilidade de manuseio. Caso essa condição não seja atendida, aumentam-se as chances de a solução não trazer benefícios práticos para a empresa, já que há o risco de alguns profissionais simplesmente não aproveitarem todo o potencial de utilização da ferramenta.

Por isso, o uso do sistema de gestão financeira precisa ser intuitivo, com telas e comandos de fácil manuseio e interpretação. Além disso, a presença do recurso de gráficos gerados automaticamente deve ser levada em conta na escolha do software, visto que a integração entre dados, tabelas e gráficos contribui bastante para a interpretação de resultados e para a tomada de decisão.

Rapidez para emissão de relatórios

Como você deve saber, o Brasil é conhecido pela burocracia. Para ter uma ideia, uma pesquisa do Banco Mundial e da PwC identificou que o país está em primeiro lugar (entre 183 nações) no ranking de tempo gasto pelas empresas para cálculo e quitação dos tributos.

Logo, agilidade e confiabilidade são outros requisitos que você precisa avaliar em um sistema de gestão financeira. Nesse sentido, a emissão de relatórios deve ser rápida, para economizar tempo e acelerar o fluxo de trabalho.

Opções de módulos

Empresas de um mesmo segmento de atuação podem ter realidades e necessidades diferentes. Por isso, é recomendável que o sistema de gestão financeira possa ser integrado a outras soluções tecnológicas voltadas para a área empresarial.

Dessa forma, a organização pode usar somente os módulos de um sistema de planejamento de recurso corporativo (ERP, do inglês Enterprise Resource Planning) que interessam à gestão do próprio negócio.

Além dos critérios que apresentamos no post de hoje, quais outros você acredita serem indispensáveis na escolha de um sistema de gestão financeira? Deixe seu comentário aqui no blog. Participe!

Cadastre-se e receba dicas e artigos em seu e-mail sobre gestão e negócios.

Voltar para o blog da Sankhya

Solicite um orçamento com um de nossos consultores.

Preencha o formulário abaixo e logo entraremos em contato.

*campos obrigatórios