Entre em contato: 0800 940 0750 PT | EN

PT | EN
Solicite um orçamento

Como identificar a margem de contribuição dos seus produtos?

A análise financeira de uma empresa envolve vários indicadores, dentre eles, a margem de contribuição, que é o resultado da diferença entre o preço de venda e os custos variáveis que você tem para produzir ou comercializar cada produto do seu negócio.

Conhecer esse importante indicador pode dar várias pistas de como melhorar os seus resultados financeiros, por isso, fique atento a essas dicas de como identificar a margem de contribuição dos produtos da sua empresa:

A composição do cálculo da margem de contribuição

Antes de partir para o cálculo propriamente dito, você precisa saber quais são as variáveis envolvidas na determinação da sua margem de contribuição:

  • Preço de venda unitário (PV): é o valor pelo qual você vende seus produtos;
  • Custo variável unitário (CV): corresponde aos custos que você tem para tornar um produto disponível para venda, ou seja, custo de aquisição, custo de matérias-primas, hora-homem, hora-máquina, insumos, etc.
  • Despesa variável unitária (DV): corresponde aos valores que você despende depois que o produto é comercializado, como comissão de vendas, transporte de entrega, impostos a recolher, etc.

Para exemplificar, imagine os seguintes dados:

Preço de venda do produto A: R$ 120,00

Custo variável unitário: R$ 60,00

Despesa variável unitária: R$ 25,00

Colocando na fórmula, temos:

MC = 120 – (60 + 25)

MC = R$ 35,00

Essa é a margem de contribuição de cada produto. Caso você queira fazer o cálculo total, basta multiplicar os valores pelo total de produtos vendidos no mês.

Agora, veja no gráfico abaixo, como se forma a margem de contribuição:

Margem de ContribuiçãoClique aqui para ampliar a imagem

 

Veja como a margem de contribuição acumulada cobre os gastos fixos da empresa e forma o lucro ao final do período:

Ponto de EquilíbrioClique aqui para ampliar a imagem

Por que se preocupar com a margem de contribuição?

A Margem de Contribuição é o que paga os custos fixos e gera lucro. Além disso, com base na margem de contribuição você pode determinar suas metas de vendas, sabendo exatamente quantas unidades devem ser vendidas para suportar os custos e despesas da empresa e ainda gerar lucro.

Em  vendas são feitas em grandes quantidades, com um mix de produtos variado, é muito fácil de se perder nas negociações com clientes e dar descontos maiores do que a capacidade da sua empresa de gerar lucro. Sendo assim, não deixe de calcular a margem de contribuição de cada produto, bem como do total da sua produção, a fim de saber exatamente quanto você gasta para colocar cada mercadoria à venda. Depois é só acompanhar os indicadores para manter o seu negócio na linha.

Tudo entendido sobre a margem de contribuição? Existe mais alguma dificuldade em que possamos te ajudar? Aqui vão 9 dicas essenciais para superar as barreiras em 2017!

Cadastre-se e receba dicas e artigos em seu e-mail sobre gestão e negócios.

Voltar para o blog da Sankhya

Solicite um orçamento com um de nossos consultores.

Preencha o formulário abaixo e logo entraremos em contato.

*campos obrigatórios