Entre em contato: 0800 940 0750 PT | EN

PT | EN
Solicite um orçamento

Gestão de armazenagem: Como torná-la estratégica para o seu agronegócio

É fato: cerca de 20 bilhões de reais são perdidos anualmente no agronegócio graças a problemas de armazenagem. E essa falta de espaço para estocagem é uma condição que afeta todas as regiões do país, trazendo dificuldades de escoamento da produção a um preço competitivo. O resultado pode ser desanimador, já que, ao não ter condições de armazenar a safra, o produtor tem que se desfazer dela rapidamente. Com isso, é preciso baixar os preços e, consequentemente, observar uma significativa perda de lucratividade.

Mas esse problema pode sim ser contornado, desde que seja feita uma boa gestão de armazenagem no agronegócio, contando com métodos e ferramentas que permitam equilibrar custos e ganhos. Que tal descobrir como combater esse problema? Acompanhe nosso post de hoje!

Como a má gestão de armazenagem afeta o agronegócio?

O Brasil produz aproximadamente 180 milhões de toneladas de grãos por ano. Em contrapartida, sua capacidade de estocagem, que está dispersa pelo território nacional, só dá conta de 140 milhões dessas toneladas.

Nesse contexto, o produtor que se encontra longe de um silo de armazenagem tem problema dobrado: além de ter que se preocupar com o transporte dos grãos até o armazém, processo que inclusive gera perda de safra, o preço do frete também sobe devido à alta demanda, onerando o caixa do negócio. Para evitar mais perdas, o agricultor deixa para colher os grãos tardiamente, perdendo no quesito qualidade dos produtos, o que automaticamente afeta o preço de venda. Somado, tudo isso leva ao aumento dos preços para o consumidor sem necessariamente significar mais lucro para o agricultor.

E como combater esses problemas de armazenagem?

A solução imediata para os problemas que acabamos de apresentar seria aumentar a capacidade de estocagem das propriedades rurais, incentivando a construção de silos particulares. Nesse caso, o empecilho aparece devido ao custo envolvido nesse projeto, que é bem grande. Então que tal algumas alternativas? A seguir você confere outras formas de evitar que seu negócio sofra perdas!

Faça previsões de demanda

O Brasil é conhecido por bater muitos recordes de produção, o que obviamente deixa os agricultores satisfeitos. No entanto, essa alegria logo é substituída pela preocupação com a armazenagem, que gera altos custos. Para não ser pego de surpresa, faça uma previsão das demandas do mercado, procurando adequar sua produção a elas. Se a expectativa é de crescimento da safra, por exemplo, busque novos compradores para escoar o excedente.

Forme boas parcerias

Uma ótima forma de garantir a adequada armazenagem no agronegócio é fazer parte de cooperativas, usando a infraestrutura que disponibilizam para sua estocagem. Você pode se antecipar, reservando um determinado espaço para sua produção e, assim, evitando as perdas pela demora na colheita ou pelo transporte até silos mais distantes.

Use um software de gestão especializado

Gerir seus estoques com maior eficiência depende de um controle detalhado da produção e das vendas. E quando falamos de alto volume de produtos, o melhor é partir para a informatização dos controles, adquirindo um software de gestão para o agronegócio. Um sistema desenvolvido especialmente para seu nicho pode ajudar tanto na previsão de demandas quanto no controle da produção e da armazenagem. Com esse sistema, você ainda consegue analisar como distribuir sua safra de modo a maximizar o retorno sem ter que recorrer à exportação dos grãos ou a vendas abaixo do preço de mercado.

Você conhece alguém que esteja passando por esse mesmo problema? O que acha de compartilhar este conteúdo com seus contatos e levar soluções para mais pessoas?

Cadastre-se e receba dicas e artigos em seu e-mail sobre gestão e negócios.

Voltar para o blog da Sankhya

Solicite um orçamento com um de nossos consultores.

Preencha o formulário abaixo e logo entraremos em contato.

*campos obrigatórios