Pular para conteúdo

[Apresentação] 5 dicas sobre as melhores práticas de Gerenciamento de Projetos

As práticas de gerenciamento de projetos estão sempre presentes em nosso dia-a-dia. Todos nós praticamos gestão de prazos, custos, escopo...

As práticas de gerenciamento de projetos estão sempre presentes em nosso dia-a-dia. Todos nós praticamos gestão de prazos, custos, escopo e qualidade a partir do momento em que acordamos. Por isso, preparamos para você uma sequência de dicas que irão lhe auxiliar a entender melhor os conceitos de Gerenciamento de Projetos, destacando alguns processos que precisamos seguir para desenvolver qualquer atividade:

 

As melhores práticas de Gerenciamento de Projetos from Sankhya Gestão de Negócios

 

Dica 1 – Faça o planejamento do escopo antes da atividade

Escopo é a definição dos objetivos do projeto, dos resultados esperados e do trabalho a ser realizado.  Deixá-los de lado é como fazer as malas sem saber o destino da viagem, tudo pode dar errado!

A definição do escopo ajuda a evitar que as equipes de projeto percam tempo e recursos resolvendo problemas que fogem da sua alçada, garantindo a segurança da equipe e o sucesso do projeto.

Dica 2 – Análise de decisão faz sentido na teoria mas é usado na prática?

Análise de decisão é a aplicação de um método analítico para comparar sistematicamente diferentes opções de decisão, principalmente em situações complexas. É muito importante no levantamento das regras de negócio, quando existem mais de uma opção.

Dica 3 – Não deixe indicadores para um segundo momento.

Indicador de performance ou gerenciais são ferramentas de gestão que indicam o nível de desempenho e sucesso de uma empresa ou de um determinado processo, focando nos motivos que a levaram a atingir aqueles resultados e indicando a sua situação atual, permitindo alcançar os objetivos que foram traçados.

Dica 4 – Suas estimativas de horas são feitas utilizando a técnica do Cálculo Hipotético Universal Teórico Específico (CHUTE)?

Estimar é determinar a quantidade de horas que serão necessárias para alguma atividade. Isto pode ser feito utilizando modelos de cálculo, baseados na relação matemática entre tamanho, esforço e prazo das atividades ou modelo de comparação simples do projeto atual com a base histórica de projetos anteriores.

Quem nunca ouviu a frase “Só mais cinco minutinhos e eu estou pronta”?

Dica 5 – Não entende a razão para gerenciar as expectativas das partes interessadas?

Partes interessadas no projeto são pessoas e organizações ativamente envolvidas ou cujos interesses podem ser afetados como resultado da execução ou do término do projeto. Eles podem também exercer influência sobre os objetivos e resultados.

A equipe de gerenciamento de projetos precisa identificar as partes interessadas, determinar suas necessidades e expectativas e, na medida do possível, gerenciar sua influência em relação aos requisitos para garantir um projeto bem-sucedido.

O gerenciamento de projetos

Partes interessadas no projeto são pessoas e organizações ativamente envolvidas, cujos interesses podem ser afetados como resultado da execução ou do término do projeto e influenciar seus objetivos e resultados.

A equipe de gerenciamento de projetos precisa identificar as partes interessadas, determinar suas necessidades e expectativas e, na medida do possível, gerenciar sua influência em relação aos requisitos para garantir um projeto bem-sucedido. É como em um casamento, existem decisões no relacionamento que nem sempre são tomadas somente pelo casal.

Sobre o autor
Redator Sankhya

Olá! Este post foi escrito por nosso redator oficial Sankhya. Deixe seu comentário abaixo sobre o que você achou deste texto :)

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.