Pular para conteúdo

Como escolher um sistema ERP mais robusto para sua empresa em 2016?

Final de ano e já está mais que na hora de começar a organização e o planejamento para 2016, a...

Final de ano e já está mais que na hora de começar a organização e o planejamento para 2016, a fim de evitar surpresas e facilitar todo o processo corporativo. Em um momento de forte competitividade no mercado, vale a pena investir em um recurso que ajude sua empresa a reduzir custos, aumentar a produtividade e dar mais eficiência no processo decisório.

Nesse sentido, um sistema de ERP é uma solução extremamente favorável. Você já usa um ERP na sua empresa? Será que ele atende bem às demandas que seu negócio possui? E, se ainda não tem, como acertar na escolha do software que atenda a todas as necessidades do negócio?

Aprenda a fazer uma boa escolha para 2016!

Como saber se seu ERP atual atende suas demandas?

Antes de pensar em escolher um novo sistema de ERP, é preciso realizar uma avaliação sobre o sistema atual, afinal, o investimento já está feito. Um dos principais fatores deve ser a integração do sistema com os setores da empresa e o alinhamento com seus objetivos.

Se durante sua utilização, o ERP e as metas da empresa caminharem para direções conflitantes, é sinal que ele não foi a melhor opção. A falta de algum recurso ou indicador também pode comprometer a competitividade da empresa no mercado.

Um ERP que ofereça um serviço em nuvem, por exemplo, possibilita que o usuário tome decisões mais ágeis, a qualquer momento. E, com um dashboard móvel, torna-se viável obter e examinar informações gerenciais em qualquer hora e em qualquer lugar, aperfeiçoando a produtividade e os resultados. A quantidade e a qualidade das informações também devem ser levadas em conta.

Que elementos um ERP deve ter?

Para 2016, o investimento em um sistema de gestão pode fazer toda a diferença entre obter resultados medianos e conquistar os ganhos desejados. Então, o ERP escolhido deve conter as seguintes distinções:

Adequação às obrigações fiscais

Novas legislações entraram em vigor e, para o ano que vem, novas obrigações fiscais vão fazer parte do cotidiano das empresas. É o caso do eSocial, que unifica o envio de informações do empregador em relação aos seus empregados, e o Bloco K, que faz referência ao Controle de Estoque digitalizado.

O ERP certo para 2016 deve estar atualizado conforme o novo enquadramento legal.

Facilidade de implantação e de uso

O sistema também deve possuir não apenas facilidade de implementação — ou de substituição em relação ao atual —, como também precisa ser simples de ser aplicado.

Um ERP difícil de usar pode significar problemas de adaptação para a equipe, perda de produtividade e desenvolvimento de análises equivocadas.

Suporte de qualidade

Um ERP robusto carece de atendimento especializado e contínuo, garantindo que contratempos de uso e dúvidas sejam rapidamente sanados.

Contar com um suporte de alta qualidade, com uma equipe certificada é fundamental para que o ERP funcione em sua máxima capacidade.

Funcionalidade

Não menos importantes são as funcionalidades que se ajustam com aquilo que a empresa procura, espera e precisa. Isso não significa que o ERP precisa ter um número imenso de funções e, sim, que precisam ser as funções adequadas para a empresa.

O software deve oferecer informações precisas e seguras, totalmente em tempo real. Quanto mais praticidade e maior eficiência tais funcionalidades trouxerem, melhor. E, se for um ERP baseado na nuvem, vai garantir a mobilidade de dados.

Se houver a chance de aproveitar ferramentas colaborativas, em que as melhores práticas de gestão possam ser compartilhadas entre todos os usuários, tende-se a obter resultados ainda melhores de produtividade e de conhecimento.

Escalabilidade e flexibilidade

O ERP deve permitir que suas funcionalidades acompanhem o crescimento de sua organização, sem que isso signifique mais dispêndios. A possibilidade de customização também é relevante, a fim de se ajustar às necessidades e à cultura da empresa.

E então, você já sabe como fazer sua escolha de ERP? Se você já tem um sistema, analise-o e considere todos os fatores acima para descobrir se ele é a melhor opção para seu negócio.

Se pensa em adquirir um novo ERP ou pretende obter um sistema de qualidade para a sua empresa, não deixe de conhecer a Sankhya, uma empresa de ERP que oferecerá as soluções de que precisa!

Deixe seu comentário:
Sobre o autor
Redator Sankhya

Olá! Este post foi escrito por nosso redator oficial Sankhya. Deixe seu comentário abaixo sobre o que você achou deste texto :)

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.