Mahagestão

Como as maiores empresas da Indústria alcançam uma maturidade de gestão
de sucesso?

Em um setor tão competitivo, com tantas especificidades, inúmeras etapas de processo e stakeholders envolvidos, a otimização operacional se faz cada vez mais necessária.


Os ERP’s entram nessa história com a ideia de, entre outros objetivos, organizar e automatizar diferentes áreas da empresa para que as tomadas de decisão sejam mais rápidas e embasadas. Para negócios do segmento da Indústria, a automação traz muitos benefícios estratégicos, com integrações que vão da logística à produção, sem contar as vantagens nas áreas financeiras, como gestão de folhas de pagamento, recebimentos e caixa. Tudo isso torna os processos mais fluidos, livre de erros e, consequentemente, mais lucrativos.


Realizamos um estudo com 2160 negócios brasileiros para analisar com maior precisão os efeitos do ERP nas empresas da Indústria. Todos os dados abaixo foram levantados pelo sistema Maha Gestão, responsável por diagnosticar e analisar a maturidade da gestão de empresas de todo o mercado.

O impacto do ERP no índice de maturidade das empresas

Abaixo, você pode observar uma tabela com os dados que indicam a nota de maturidade das empresas do segmento de Indústria – tanto as que possuem ERP Sankhya, quanto as que não possuem ERP ou utilizam outro sistema.


Para chegar aos resultados aqui apresentados, as empresas analisadas responderam o questionário oficial de maturidade do Mahagestão, com perguntas sobre atividades, procedimentos e processos das companhias no setor de atacado.


Os dados apresentados abaixo mostram que, no geral, empresas do setor de Indústria que adotam o ERP Sankhya, possuem um nível de maturidade gerencial médio de sete pontos acima daquelas que não adotam ou fazem uso de outras soluções de mercado.

Média Geral: 55

Microempresa: 56

Pequeno Porte: 61

Médio Porte: 62

Grande Porte: 63

Média Geral: 61,8

Microempresa: 67,5

Pequeno Porte: 61,4

Médio Porte: 62,3

Grande Porte: 60,96666667

Média Geral: 54

Microempresa: 54,7

Pequeno Porte: 51,9

Médio Porte: 60,9

Grande Porte: 62,8333333

Média Geral: 78

Microempresa: 83

Pequeno Porte: 76

Médio Porte: 85

Grande Porte: 84

Média Geral: 7,8

Microempresa: 12,8

Pequeno Porte: 9,5

Médio Porte: 1,4

Grande Porte: – 1,86666667

MÉDIA GERAL
MICROEMPRESA
PEQUENO PORTE
MÉDIO PORTE
GRANDE PORTE
Nota média​
55
56
61
62
63
Nota das que usam sistemas integrados
61,8
67,5
61,4
62,3
60,96666667
Nota das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados
54
54,7
51,9
60,9
62,8333333
Melhores
78
83
76
85
84
DIFERENÇA
7,8
12,8
9,5
1,4
-
1,86666667

Na prática, as empresas que utilizam um sistema Sankhya integrado ao seu negócio performa 7% melhor na questão de gestão com seus processos efetivos sistematizados no ERP.


Na visão “best of the class” quando olhamos para os melhores clientes mais maduros em processos, a diferença salta para 25%

Outro ponto importante de avaliar é que as empresas do segmento da indústria, em termos de distribuição possuem um índice de integração de processos relativamente alto. Observando isso nas empresas de pequeno, médio e grande porte com pontuações acima de 50 no índice Maha, e de integração de processos.

Índice Maha - Indústria

Esse fenômeno de um alto índice Maha, é um reflexo dos desafios do setor da indústria e sua gestão. Por enfrentar um desafio de otimização operacional, que muitas das vezes resulta em previsão de demanda e produção, planejamento de estoque, distribuição logística e operação e manutenção da linha de produção.

A gestão da indústria se torna um sincronismo extremamente orquestrado de todos os seus processos da cadeia e por isso reflete em uma média alta dos índices Maha.

Observando a distribuição dos porcentils, é perceptível que a mediana de 60 pontos segue muito próximo da média. Dessa forma, o segmento da indústria é um segmento que demanda processos mais integrados, a relação máquina e humano no meio de produção é mais visível e a sistematização de processos no segmento é relativamente mais amplo.

Índices de automatização dos processos em empresas que utilizam ERP Sankhya

Foram analisadas, além dos negócios que não utilizam o ERP Sankhya e controlam sua gestão de outra forma, empresas do setor de Atacado Distribuidor que fazem uso do sistema integrado da Sankhya:

Não Faz: 24,90%

Papel: 4,40%

Eletrônico Manual: 16,90%

Sistema Integrado: 53,70%

Não Faz: 24%

Papel: 4,20%

Eletrônico Manual: 17,80%

Sistema Integrado: 54,50%

Não Faz: 27,85%

Papel: 7,50%

Eletrônico Manual: 21,90%

Sistema Integrado: 43,25%

Não Faz: 27,30%

Papel: 4,50%

Eletrônico Manual: 18,30%

Sistema Integrado: 50,00%

Não Faz: 26,60%

Papel: 4,43%

Eletrônico Manual: 18,30%

Sistema Integrado: 51,30%

Empresas que usam sistemas integrados
Não Faz
Papel
Eletrônico
Manual
Sistema Integrado
Media geral

24,90%

4,40%

16,90%

53,70%

Microempresa

24%

4,20%

17,80%

54,50%

Pequeno porte

27,85%

7,50%

21,90%

43,25%

Médio porte

27,30%

4,50%

18,30%

50,00%

Grande porte

26,60%

4,43%

18,30%

51,03%

Processos integrados - Industria

Quando olhamos especificamente esse aspecto de processos integrados, é notório a evolução das empresas na comparação com o mercado e aplicação do sistema Sankhya. Falando de processos, é comum que quanto maior a empresa, maior sua maturidade e maior o nível de integração sistêmica que ela apresenta. Mas quando falamos de Sankhya essa diferença é de 15%, tanto para empresas de pequeno porte como de médio e grande porte.

Falando de Boas Práticas:
(O que no sistema é automatizado?)

Nível de execução – Médias e Grandes

Nível de execução – Pequenas

Seguindo a classificação dos processos, também observamos outra peculiaridade do segmento. Por ser um setor pautado em consumo futuro, produção e planejamento, vemos que é um segmento onde os processos de “Planejamento” são mais integrados do que os processos “Gerênciais”.


Isso quer dizer que ele tem um grande foco na gestão de compra e contratação de fornecedores, linha de produção e logística. E é um segmento que pode evoluir muito ainda em termos de acompanhamento de resultados e acompanhamento diário dos objetivos da empresa.

Principais Processos

IMG GERAL: 65

IMG MÉD. E GRANDES: 72,8

PEQUENAS: 59,2

IMG GERAL: 52,5

IMG MÉD. E GRANDES: 65,5

PEQUENAS: 49,5

IMG GERAL: 53,9

IMG MÉD. E GRANDES: 60,6

PEQUENAS: 51,2

IMG GERAL: 50,6

IMG MÉD. E GRANDES: 59,9

PEQUENAS: 46,8

IMG GERAL: 62,4

IMG MÉD. E GRANDES: 75,4

PEQUENAS: 55,9

IMG GERAL: 72,8

IMG MÉD. E GRANDES: 77,7

PEQUENAS: 69,2

IMG GERAL: 56,5

IMG MÉD. E GRANDES: 64,1

PEQUENAS: 53,6

IMG GERAL: 66,3

IMG MÉD. E GRANDES: 71,1

PEQUENAS: 62,7

IMG GERAL: 58

IMG MÉD. E GRANDES: 61,3

PEQUENAS: 56,8

IMG GERAL: 54,9

IMG MÉD. E GRANDES: 60,6

PEQUENAS: 54,2

IMG GERAL: 63,7

IMG MÉD. E GRANDES: 70,7

PEQUENAS: 62,7

IMG GERAL: 61,3

IMG MÉD. E GRANDES: 69,8

PEQUENAS: 60,3

IMG GERAL: 48,4

IMG MÉD. E GRANDES: 51,7

PEQUENAS: 46,9

IMG GERAL: 56,3

IMG MÉD. E GRANDES: 59,2

PEQUENAS: 53,4

IMG GERAL: 49,7

IMG MÉD. E GRANDES: 58,9

PEQUENAS: 44,8

IMG GERAL: 52,6

IMG MÉD. E GRANDES: 57,1

PEQUENAS: 50,7

IMG GERAL: 54,3

IMG MÉD. E GRANDES: 57,2

PEQUENAS: 50,1

IMG GERAL: 43,9

IMG MÉD. E GRANDES: 45

PEQUENAS: 42,8

IMG GERAL: 49,6

IMG MÉD. E GRANDES: 52,8

PEQUENAS: 44,9

IMG GERAL: 67,6

IMG MÉD. E GRANDES: 66,1

PEQUENAS: 71,5

IMG GERAL: 42,8 

IMG MÉD. E GRANDES: 48,8

PEQUENAS: 39,6

IMG GERAL
IMG MÉD. E GRANDES
PEQUENAS

CAIXA E BANCOS

65
72,8
59,2

COMISSIONAMENTO

52,5
65,5
49,5

COMPRAS

53,9
60,6
51,2

ESTOCAGEM

50,6
59,9
46,8

FISCAL E CONTÁBIL

62,4
75,4
55,9

PAGAMENTOS

72,8
77,7
69,2

PRECIFICAÇÃO

56,5
64,1
53,6

RECEBIMENTOS

66,3
71,1
62,7

VENDAS

58
61,3
56,8

CAIXAS E BANCOS

54,9
60,6
54,2

PAGAMENTO

63,7
70,7
62,7

RECEBIMENTO

61,3
69,8
60,3

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

48,4
51,7
46,9

GESTÃO FINANCEIRA

56,3
59,2
53,4

DISTRIBUIÇÃO

49,7
58,9
44,8

PRODUÇÃO

52,6
57,1
50,7

GESTÃO DE PESSOAS

54,3
57,2
50,1

GESTÃO ESTRATÉGICA

43,9
45
42,8

CONTROLE PATRIMONIAL

49,6
52,8
44,9

GESTÃO DE FOLHA DE PAGAMENTO

67,6
66,1
71,5

WMS

42,8
48,8
39,6

Devido ao seu alto grau de maturidade de processos, é de percepção geral do setor de indústrias que sua maior maturidade se encontra em processos financeiros como “caixas e banco”; ”Pagamentos”; “Recebimentos”; e “Gestão de folhas de pagamentos”.


Aqui podemos destacar que as principais dores das indústrias em geral, considerando as médias e grandes, estão em processos de Gestão estratégica, WMS, Controle Patrimonial; gestão logística e até mesmo Produção. Como apontado anteriormente, esse segmento possui índices relativamente altos, porém existe uma dor e necessidade de tratar de maneira mais integrada ainda a gestão da operação e core da empresa como um todo.


Um último destaque, é em relação ao porte e maturidade do índice das companhias do setor. As pequenas empresas possuem processos financeiros com índices muito próximos as de grande porte. Esse fenômeno se deve a prática de gestão de fornecedores e planejamento de produção que demanda uma maior integração de processos, o que levou o setor a ter um índice relativamente alto independente do porte neste segmento.

SANKHYA
Máximo
Terceiro Quartil
Mediana
Primeiro Quartil
Mínimo
COMPRAS

100

78,4

60,8

42,4

0

PRODUÇÃO

100

77

57,3

42,2

0

PRECIFICAÇÃO

100

79

66,7

43,1

0

ESTOCAGEM

100

79,6

58,6

38,8

0

WMS

100

66,7

42,9

24,2

0

VENDAS

100

81

68

48,5

0

DISTRIBUIÇÃO

100

75

56,9

37

0

PAGAMENTOS

100

92,7

80

66,7

27,8

RECEBIMENTOS

100

89,2

76

59,1

17

GESTÃO FINANCEIRA

100

75,3

60,4

41,9

0

GESTÃO ESTRATÉGICA

97,1

64,1

41,7

17,2

0

GESTÃO DE PESSOAS

97,4

72,5

53,4

43

0

FISCAL E CONTÁBIL

100

91,7

78,8

57,8

10,5

CONTROLE PATRIMONIAL

100

74,5

51,9

28,6

0

SANKHYA

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 78,4

Mediana: 60,8

Primeiro Quartil 42,4

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 77

Mediana: 57,3

Primeiro Quartil 42,2

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 79

Mediana: 66,7

Primeiro Quartil 43,1

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 79,6

Mediana: 58,6

Primeiro Quartil 38,8

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 66,7

Mediana: 42,9

Primeiro Quartil 24,2

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 81

Mediana: 68

Primeiro Quartil 48,5

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 75

Mediana: 56,9

Primeiro Quartil 37

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 92,7

Mediana: 80

Primeiro Quartil 66,7

Mínimo 27,8

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 89,2

Mediana: 76

Primeiro Quartil 59,1

Mínimo 17

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 75,3

Mediana: 60,4

Primeiro Quartil 41,9

Mínimo 0

Máximo: 97,1

Terceiro Quartil: 64,1

Mediana: 41,7

Primeiro Quartil 17,2

Mínimo 0

Máximo: 97,4

Terceiro Quartil: 72,5

Mediana: 53,4

Primeiro Quartil 43

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 91,7

Mediana: 78,8

Primeiro Quartil 57,8

Mínimo 10,5

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 74,5

Mediana: 51,9

Primeiro Quartil 28,6

Mínimo 0

MERCADO
Máximo
Terceiro Quartil
Mediana
Primeiro Quartil
Mínimo
COMPRAS

100

66,7

50,4

34,9

0

PRODUÇÃO

100

66

49,5

34,1

0

PRECIFICAÇÃO

100

69,6

56,7

38,3

0

ESTOCAGEM

100

66,7

46,4

25

0

WMS

100

60,7

34,5

14,8

0

VENDAS

100

70,8

54,4

36,4

0

DISTRIBUIÇÃO

100

66,7

49,2

28,6

0

PAGAMENTOS

100

83,3

67,8

52,2

5,6

RECEBIMENTOS

100

77,8

62,9

45,5

0

GESTÃO FINANCEIRA

100

70,1

55,3

38,9

0

GESTÃO ESTRATÉGICA

100

63,7

45,1

21,6

0

GESTÃO DE PESSOAS

100

64,6

51,9

39,4

2,5

FISCAL E CONTÁBIL

100

84,2

65

38,5

0

CONTROLE PATRIMONIAL

100

67,9

51,4

26,5

0

MERCADO

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 66,7

Mediana: 50,4

Primeiro Quartil 34,9

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 66

Mediana: 49,5

Primeiro Quartil 34,1

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 69,6

Mediana: 56,7

Primeiro Quartil 38,3

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 66,7

Mediana: 46,4

Primeiro Quartil 25

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 60,7

Mediana: 34,5

Primeiro Quartil 14,8

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 70,8

Mediana: 54,4

Primeiro Quartil 36,4

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 66,7

Mediana: 49,2

Primeiro Quartil 28,6

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 83,3

Mediana: 67,8

Primeiro Quartil 52,2

Mínimo 5,6

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 77,8

Mediana: 62,9

Primeiro Quartil 45,5

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 70,1

Mediana: 55,3

Primeiro Quartil 38,9

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 63,7

Mediana: 45,1

Primeiro Quartil 21,6

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 64,6

Mediana: 51,9

Primeiro Quartil 39,4

Mínimo 2,5

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 84,2

Mediana: 65

Primeiro Quartil 38,5

Mínimo 0

Máximo: 100

Terceiro Quartil: 67,9

Mediana: 51,4

Primeiro Quartil 26,5

Mínimo 0

Média comparativa entre mercado X Sankhya por módulo

Nota Média: 54

Notas das que usam sistemas integrados: 60,6

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 54,4

Melhores: 91

Diferença: 10,2

Nota Média: 50

Notas das que usam sistemas integrados: 56,2

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 49,5

Melhores: 88

Diferença: 6,7

Nota Média: 57

Notas das que usam sistemas integrados: 62,9

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 56,7

Melhores: 95

Diferença: 6,2

Nota Média: 51

Notas das que usam sistemas integrados: 60

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 46,4

Melhores: 95

Diferença: 13,6

Nota Média: 48

Notas das que usam sistemas integrados: 52

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 34,5

Melhores: 95

Diferença: 17,5

Nota Média: 59

Notas das que usam sistemas integrados: 64,6

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 54,4

Melhores: 94

Diferença: 10,2

Nota Média: 50

Notas das que usam sistemas integrados: 54,6

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 49,2

Melhores: 94

Diferença: 5,4

Nota Média: 69

Notas das que usam sistemas integrados: 77,1

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 67,8

Melhores: 98

Diferença: 9,3

Nota Média: 65

Notas das que usam sistemas integrados: 73

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 62,9

Melhores: 97

Diferença: 10,1

Nota Média: 55

Notas das que usam sistemas integrados: 59,8

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 55,3

Melhores: 88

Diferença: 4,5

Nota Média: 43

Notas das que usam sistemas integrados: 46,2

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 45,1

Melhores: 79

Diferença: 0,9

Nota Média: 50

Notas das que usam sistemas integrados: 54,2

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 51,9

Melhores: 80

Diferença: 2,3

Nota Média: 100

Notas das que usam sistemas integrados: 79,1

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 63,2

Melhores: 40,4

Diferença: 15,9

Nota Média: 100

Notas das que usam sistemas integrados: 62

Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados: 43,7

Melhores: 24,6

Diferença: 18,3

Média comparativa entre
mercado X Sankhya por módulo

Nota Média
Notas das que usam sistemas integrados
Notas das que usam parcialmente / não usam sistemas integrados
Melhores
Diferença
COMPRAS

54

60,6

54,4

91

10,2

PRODUÇÃO

50

56,2

49,5

88

6,7

PRECIFICAÇÃO

57

62,9

56,7

95

6,2

ESTOCAGEM

51

60

46,4

95

13,6

WMS

48

52

34,5

95

17,5

VENDAS

59

64,6

54,4

94

10,2

DISTRIBUIÇÃO

50

54,6

49,2

94

5,4

PAGAMENTOS

69

77,1

67,8

98

9,3

RECEBIMENTOS

65

73

62,9

97

10,1

GESTÃO FINANCEIRA

55

59,8

55,3

88

4,5

GESTÃO ESTRATÉGICA

43

46,2

45,1

79

0,9

GESTÃO DE PESSOAS

50

54,2

51,9

80

2,3

FISCAL E CONTÁBIL

100

79,1

63,2

40,4

15,9

CONTROLE PATRIMONIAL

100

62

43,7

24,6

18,3

Clientes Sankhya conseguem executar atividades e procedimentos com maior eficiência em todos os processos;

Os níveis de Gerência e Planejamento são os que possuem a menor aplicação dos conceitos de Gestão;

Os processos de Gestão
gerencial são menos
aplicados em todos
os níveis.

Os processos de WMS
são os melhores geridos
e executados;

Principais riscos
associados aos processos

O Maha também permite uma visão segmentada dos processos, o que nos ajuda a identificar no acompanhamento evolutivo, riscos básicos de mercado e índice de gestão que as empresas apresentam.

Controle Financeiro / Operacional

Controle
Gerencial

Ações de
planejamento

Os principais insights do estudo são:

A indústria é um segmento complexo no âmbito de planejamento, e foca muito de suas atividades em gestão de fornecedores, estocagem, gestão da linha de produção e previsão de demanda.

A Sankhya em todos os aspectos de processo e gestão se destaca como uma feramente que traz melhor controle e integração sistêmica a todas as camadas de atividade e a todos os portes das empresas.

Quando falamos de processos integrados, é um segmento com alto índice de integração dado a sua necessidade de gestão da cadeia produtiva

Os destaques para os módulos de pagamento, financeiro, recebimento como sendo processos extremamente integrados e, portanto, com o maior nível de aplicação de mercado.

Ironicamente, ainda há muito espaço para a integração dos processos produtivos, ligado ao core da indústria de produção de valor.
Processos de estocagem, produção, gestão de estoque e distribuição são onde temos as maiores oportunidades a nível de mercado.

Os processos de planejamento são ligeiramente mais desenvolvidos em relação aos processos gerenciais, o que leva a característica da indústria de sempre estar olhando para o futuro.

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.