Gestão da qualidade: o que é e qual a sua importância?

A gestão da qualidade é um fator fundamental para que os processos sejam executados com excelência e eficiência. É um...

A gestão da qualidade é um fator fundamental para que os processos sejam executados com excelência e eficiência. É um indicador de sucesso para que a empresa entregue ao seu cliente um bom produto ou serviço. 

Muitas falhas na organização se devem à falta de gestão e esses problemas podem acarretar prejuízos e baixa lucratividade. Para reverter essa situação, é importante que os gestores implementem ferramentas em todas as estratégias e atividades para elevar o nível do negócio.

Neste artigo, explicamos o conceito de gestão de qualidade, sua importância para a empresa, os seus princípios, as ferramentas mais utilizadas para auxiliar e como o ERP pode ser um ótimo aliado. Confira!

O que é gestão da qualidade?

Gestão de qualidade é um conjunto de ferramentas estratégicas que fazem o controle dos processos de produção, em diversos setores, para que o produto ou serviço seja entregue ao cliente final com alto padrão.

É um conceito importante para o crescimento organizacional e, principalmente, para o aumento da eficiência, mantendo sempre a qualidade. Com a chegada da indústria 4.0, as empresas estão implementando cada vez mais tecnologias que auxiliem na gestão de qualidade de forma automatizada e otimizada.

A gestão de qualidade é composta de quatro pilares que envolvem a entrega de um produto ou serviço, que são:

  • Planejamento;
  • Controle;
  • Garantia;
  • Melhoria de todas as atividades.

Qual é a importância da gestão da qualidade para uma empresa?

A gestão de qualidade é importante para organizar e padronizar os processos de produção ou execução do produto ou serviço, além de manter a alta performance no atendimento, o que gera satisfação e fidelização do cliente e destaque no mercado.

Uma pesquisa realizada pela Hibou mostrou que 53% dos consumidores entrevistados são fiéis à marca quando bem atendidos. Em outra pesquisa, 59% dos clientes afirmaram que deixam de comprar em empresas onde vivenciaram uma experiência de atendimento negativa.

Isso mostra o quando a qualidade dos processos, desde a produção até o contato com o consumidor, precisam de uma gestão de qualidade para que a organização não tenha feedbacks negativos e não seja mal vista no mercado.

É preciso padronização e critérios claros e objetivos quanto à qualidade de cada etapa dos processos. Assim, todos os setores, seja operacionais ou de atendimento, mantêm um fluxo de trabalho contínuo, eficiente, bem executado e um ambiente de trabalho saudável.

Gestão da Qualidade Total

A Gestão de Qualidade Total ou GQT é uma metodologia que tem como intuito a excelência e a qualidade de todos os processos que estão envolvidos com a produção do produto até chegar ao cliente final. E, quando se fala em total, inclui-se também parceiros externos, como distribuidores, fornecedores, entre outros.

Ela foi desenvolvida na década de 60 por consultores empresariais dos Estados Unidos. No começo, tinha um objetivo mais técnico, mas, com o passar dos anos, foi se preocupando com a satisfação do cliente e em superar expectativas.

O GQT tem pontos em comum com outras metodologias famosas no mercado, como o Toyotismo. Ele busca qualidade na produtividade de todos os setores, processos organizados, redução de gastos desnecessários e agilidade nas tarefas.

Assim, a organização oferece ao consumidor uma entrega eficiente, além de conquistar  destaque no mercado.

Princípios da gestão da qualidade

Diagrama com os princípios da gestão da qualidade:

1. Foco no cliente
2. Liderança
3. Relacionamento
4. Melhorias contínuas
5. Engajamento
6. Orientação de processos
7. Tomada de decisão com base em fatos

Todos estão explicados no texto.
Princípios da gestão da qualidade

Para a empresa seguir de forma estratégica e organizada com os seus processos, é importante considerar princípios da gestão da qualidade. Eles são definidos pela Norma Internacional para Gestão da Qualidade (ISO 9001:2015).

A seguir, explicamos cada um deles e suas características.

1. Foco no cliente

O cliente tem que ser sempre o principal foco da empresa para o alcance de bons resultados. Por isso, é fundamental conquistar a satisfação e a fidelização dele, uma vez que é o pilar que sustenta todas as ações organizacionais. Conhecer o perfil do seu consumidor, entender as suas dores e solucioná-las é o passo inicial.

2. Liderança

A liderança é a base de qualquer organização. Por isso, um gestor precisa, em primeiro lugar, ter empatia. Saber lidar com seus funcionários, motivá-los, estar aberto a uma boa comunicação e manter um ambiente saudável resulta em aumento na produtividade, alta qualidade dos processos e, consequentemente, objetivos alcançados.

3. Relacionamentos

O capital humano é fundamental para qualquer organização. Sendo assim, manter bons relacionamentos tanto com colaboradores internos quanto com os parceiros externos é um ponto essencial para o bom desempenho e o desenvolvimento das atividades. A comunicação clara e objetiva mantém os relacionamentos profissionais em constante crescimento.

4. Melhorias contínuas

Melhorias são sempre bem-vindas na rotina das empresas e são fundamentais para o crescimento contínuo. A gestão de qualidade auxilia os gestores na identificação de gargalos, independente do setor e, assim, é possível fazer as ações corretivas com agilidade. 

5. Engajamento

Funcionários motivados são mais produtivos e engajados com suas atividades. É importante criar ações que incentivam os colaboradores a serem eficientes, além de oferecer um ambiente de trabalho saudável e com boa comunicação.

6. Orientação de processos

Os colaboradores devem estar bem orientados sobre suas atividades, prazos e qualquer informação que for relevante e essencial para a qualidade dos processos em que cada um atua. Assim, é possível evitar dúvidas constantes, erros e retrabalhos por falta de comunicação clara.

7. Tomada de decisão com base em fatos

Ao monitorar o desempenho e os resultados por meio de dados e informações precisas, os gestores conseguem ter insights e tomar decisões com base em fatos. Assim, é possível corrigir erros, analisar os pontos para melhorias e até evitar possíveis falhas. É um ponto que ajuda, inclusive, a reduzir custos desnecessários com atividades executadas de forma errada.

Ferramentas para ajudar na gestão da qualidade 

As ferramentas de gestão da qualidade têm como objetivo ajudar na análise e na identificação de ações que possam prejudicar o desenvolvimento dos processos. 

Com elas, os gestores conseguem ter organização das atividades e modificar o que for necessário para estar de acordo com os propósitos organizacionais.

São ferramentas tradicionais e utilizadas no mercado há anos. Por isso, são conhecidas pela eficiência na estruturação de planejamentos estratégicos.

São inúmeras as ferramentas que auxiliam na gestão da qualidade. Entre elas, podemos listar:

Como o ERP pode ajudar na gestão da qualidade?

Maha Gestão no ERP Sankhya, com análise de riscos envolvendo os processos da empresa

Em um mercado em que a tecnologia é dominante e aliada na otimização dos processos, ter um sistema ERP para auxiliar na gestão da qualidade é essencial. Ele pode ajudar na organização total dos processos, independente do setor, mantendo o desempenho das atividades sempre alinhado com o planejamento estratégico.

O ERP Sankhya é um sistema de gestão completo, que permite estruturar e organizar cada tarefa de forma automatizada e segura. O sistema faz a integração de dados e informações de todas as áreas envolvidas, mantém a comunicação fluida, facilita as tarefas burocráticas e oferece a padronização dos processos.

A rotina das empresas costuma ser corrida e requer atenção na estratégia. Com a implementação do ERP, os gestores conseguem simplificar a gestão da qualidade, monitorando o desempenho de todas as ações com relatórios precisos e em tempo real.

Assim, é possível tomar decisões assertivas com eficiência, manter a organização alinhada com os objetivos, entregar ao cliente um produto ou serviço único, conquistar a satisfação e a fidelização dele e, o principal, se destacar no mercado.

Gostou deste conteúdo? Solicite uma proposta com um dos nossos consultores e conheça o ERP Sankhya.

Sobre o autor
Redator Sankhya

Olá! Este post foi escrito por nosso redator oficial Sankhya. Deixe seu comentário abaixo sobre o que você achou deste texto :)

Receba nossa newsletter

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Receba nossa newsletter

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Região Sudeste
Sul
Região Nordeste
Região Centro-oeste
Região Norte

Central de Vendas  0800 940 0750
plugins premium WordPress
SOLICITE ORÇAMENTO

Envie seus dados que logo nossos especialistas entrarão em contato.

Torne-se uma unidade Sankhya

Para análise inicial de aderência ao Programa Unidades de Negócios Sankhya, favor preencher o formulário abaixo.

SOLICITE ORÇAMENTO

Envie seus dados que logo nossos especialistas entrarão em contato.

Sua inscrição foi realizada com sucesso.

SOLICITE UMA PROPOSTA

Nossos consultores estudarão a fundo suas necessidades e apresentarão as melhores soluções para a sua empresa.

Fale com um Consultor

Obrigado por se cadastrar

SOLICITE ORÇAMENTO

Envie seus dados que logo nossos especialistas entrarão em contato.

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.