Guia completo para uma boa gestão financeira

A gestão financeira é a força motriz de uma organização e precisa estar saudável para que os resultados se mantenham sempre estáveis e desejáveis. Processos bem organizados no âmbito financeiro fazem com que todas as áreas da empresa fluam no dia a dia.
Analisar, planejar e controlar a saúde financeira devem estar no foco de uma organização que deseja ter eficiência na execução de suas metas empresariais e se destacar diante da concorrência. Por isso, os gestores precisam estar totalmente alinhados com as ações estratégicas, não desviando a atenção das finanças.
Através de registros, análises e um sistema tecnológico de qualidade, a empresa consegue ter informações certeiras e uma visão ampla sobre as finanças. Isso pode ajudar no planejamento organizacional e na otimização dos resultados.
Neste artigo, explicamos o conceito de gestão financeira, os benefícios e a importância de saber usá-la, dicas de como aplicar de forma eficiente, os tipos de indicadores de desempenho financeiro e qual o melhor software para investir nesse processo. Confira!

O que é
gestão financeira?

Gestão financeira é um conjunto de práticas cotidianas, ações e processos que estão envolvidos no planejamento, na análise e no controle das finanças de uma organização, além de oferecer projeções de pequeno, médio e longo prazo.

Através da gestão financeira, é possível melhorar o uso das finanças, fazendo análises e estipulando metas de acordo com os recursos disponíveis.

Uma gestão financeira de sucesso depende de estratégias inteligentes e uma organização em dia para que as atividades de todos os setores fluam e tragam sempre retornos positivos.

A partir do momento em que a organização cria ações para melhorar a saúde financeira do negócio, através de uma gestão de qualidade, é possível conquistar vantagens que ajudam na fluidez dos processos:

O que é importante para uma boa gestão financeira?

Acompanhar o desenvolvimento tecnológico e usar ferramentas como aliadas na gestão financeira da organização é a chave para empresas que desejam se manter no mercado com excelência.
De acordo com pesquisa realizada pela Deloitte, o investimento em tecnologia é essencial para que o negócio se sustente. Dos executivos entrevistados,

68%

afirmam que investem até 5% da receita líquida em tecnologia.

A transformação digital nas finanças de uma empresa é um fator de evolução dela e o uso de sistemas como aliados na análise de dados, no monitoramento de indicadores de desempenho e no alinhamento do fluxo de caixa é uma maneira atualizada de redefinir as ações estratégicas de toda a parte financeira do negócio.

Os processos da gestão financeira precisam ser sistematizados para ser possível traçar metas certeiras e alcançar resultados positivos. A parte financeira da empresa tende a ser cíclica e, por isso, é muito fácil manter “vícios” que atrapalham o andamento dos negócios.

O desafio é entender os gargalos de cada área da organização e fazer um planejamento transformador e eficiente, por meio de uma gestão com técnicas e conhecimentos para entender quais são os pontos de melhorias a serem aplicados.

O que a empresa ganha com uma

boa gestão financeira?

Saber fazer uma gestão financeira adequada para a empresa, para que o negócio tenha fluidez e destaque, é um pilar importante, tendo em vista o número cada vez maior de concorrentes no mercado. A saúde financeira é o fator chave entre o sucesso e o fracasso de uma organização.

A automatização de processos financeiros é essencial para que as metas sejam alcançadas com precisão, já que os softwares conseguem fazer a integração de operações distintas da empresa com análise de dados e acompanhamento em tempo real dos indicadores de desempenho.

Alguns fatores devem ser levados como base em todos os processos de gestão financeira, como, por exemplo, não utilizar mais recursos do que recebe, estruturar todo o planejamento do negócio, fazer investimentos que agregam e manter uma reserva de emergência.

Além dessas bases primordiais, são diversos os benefícios de implementar e investir em uma gestão de qualidade na organização.

Segurança financeira

É preciso aproveitar as vantagens que a segurança financeira permite para a organização, mas, ao mesmo tempo, é importante que os gestores saibam lidar com as burocracias de maneira estratégica e com bons planejamentos.

Sem a segurança nas finanças, o negócio tem grandes chances de não alcançar seus objetivos e deixar de ter uma saúde financeira estável. Diminuição dos lucros e endividamento podem estar entre os fatores críticos.

Com uma boa gestão financeira, a empresa consegue manter os processos em equilíbrio, se prevenir financeiramente quanto a possíveis imprevistos e, consequentemente, alcançar retornos positivos e metas estabelecidas.

Facilidade em tomadas de decisão

Através dos monitoramentos com base em indicadores de desempenho e análise de dados, é fácil entender e decidir quais rumos e tipos de objetivos a organização pode seguir.

Essas análises precisam ser exatas, por isso a importância de usar a tecnologia como aliada, proporcionando informações em tempo real, com dinamismo e ajudando nas tomadas de decisões.

Ter como base principal a saúde financeira da empresa faz com que todas as atividades tenham sucesso e, consequentemente, garante a conquista das metas, além da melhora nos lucros.

Processos com praticidade

Os processos demorados e burocráticos de uma empresa costumam ser um grande entrave na hora de manter a organização e o fluxo de caixa em dia. Relatórios, pagamentos, balanço, impostos, emissão de notas, entre outros pontos, fazem parte do cotidiano e precisam de um desempenho de qualidade.

Com a eficácia sendo o foco da gestão, todas as atividades passam a ser efetuadas e organizadas com mais facilidade, já que as análises de dados e informações são realizadas no tempo exato e com precisão, garantindo menos riscos de erros ou problemas.

Otimização dos processos através de sistemas

Com a tecnologia cada vez mais avançada, é importante que as empresas se adaptem se quiserem se destacar em um mercado cada vez mais competitivo. Por isso, o uso de softwares que ajudam na gestão é a melhor forma de otimizar os processos, evitar falhas, aumentar a eficiência e manter a saúde financeira em dia

Através de funções dinâmicas e disponibilizadas em tempo real, é possível acompanhar os indicadores de desempenho e fazer uma análise de dados de maneira precisa.

Organizado e intuitivo, como deve ser um sistema de gestão, ele é capaz de executar funções demoradas em menor tempo e monitorar o que está positivo e negativo com riqueza de detalhes, entregando informações em relatórios.

Com essa otimização por meio de sistemas tecnológicos eficazes, os gestores conseguem entender os gargalos e estudar novas estratégias para aumentar os lucros, manter um bom controle financeiro e elaborar planejamentos que se encaixem na realidade da organização.

Previous
Next

7 dicas de como fazer uma gestão financeira eficiente

Uma gestão financeira saudável, em constante crescimento e sempre preparada para qualquer adversidade é a chave do sucesso de uma organização que deseja destaque no mercado e estar à frente das concorrentes.

Algumas dicas são indispensáveis como base para se fazer um bom planejamento financeiro, através de ações assertivas. Assim, é possível fazer toda a gestão com organização e estruturação. Listamos 7 dessas ações a seguir:

Principais indicadores de desempenho financeiro

Saber como funciona toda a parte financeira da empresa a partir de uma visão ampla e usar as informações como estratégias para a gestão é garantir qualidade, segurança e lucratividade. A análise de dados é importante para que as finanças estejam sempre em dia e para entender quais são os problemas e como solucioná-los.

Os indicadores de desempenho financeiro são uma ótima ferramenta para que os gestores possam monitorar os resultados, entender como toda a parte burocrática está caminhando e se está saindo conforme planejado. A seguir, listamos alguns exemplos de indicadores que são importantes para acompanhar:

Como um ERP pode ajudar na gestão financeira?

Um dos maiores aliados em uma gestão financeira eficiente e de qualidade é o ERP. Através dele, é possível otimizar os processos burocráticos e manter organização e controle de todo o dinheiro que entra e sai da organização.

O ERP (Enterprise Resource Planning, sigla do inglês) é um sistema tecnológico com inúmeros recursos que facilitam as atividades do dia a dia e possibilitam aos gestores uma análise mais precisa dos dados e informações voltados para as finanças, qualquer que seja o setor.

Uma boa gestão precisa ser organizada e os softwares são ferramentas chave para a administração de todas as finanças em um único sistema em tempo real.

É possível fazer a integração de todas as áreas da empresa e facilitar a análise de dados, disponibilizando relatórios tanto das informações burocráticas gerais quanto do controle de fluxo de caixa.

Ter sempre uma visão geral da saúde financeira da empresa através da gestão financeira e com a ajuda de um ERP de qualidade facilita a criação de estratégias, metas e também as tomadas de decisões.

O ERP oferece várias funcionalidades que possibilitam à empresa manter uma gestão com processos eficazes e dinâmicos, de acordo com suas necessidades e objetivos. Alguns fatores são decisivos:

A escolha do ERP para a organização investir é um ponto que precisa de análise quanto à qualidade do sistema e o quanto ele atende as necessidades do negócio.

Ele precisa fornecer dados com precisão e facilitar diversas atividades do cotidiano que, feitas de forma manual, podem demorar e aumentar as chances de  erros.

Na hora da escolha do sistema de gestão financeira ideal, é importante avaliar alguns pontos que precisam ser oferecidos pela ferramenta, como:

Segundo dados da empresa de consultoria IDC, o setor de software no Brasil teve um aumento em 2020 de 32,5% a mais que no ano de 2019. Uma das maiores demandas desse segmento foi de sistemas de gestão empresarial (ERP).

Por isso, empresas que desejam destaque no mercado precisam investir em um ERP e caminhar junto com as facilidades que o sistema tecnológico oferece para o crescimento dos negócios.

+32,5%

de aumento no setor de software no Brasil em 2020 em relação a 2019

Por isso, empresas que desejam destaque no mercado precisam investir em um ERP e caminhar junto com as facilidades que o sistema tecnológico oferece para o crescimento dos negócios.

O ERP Sankhya é o único do Brasil 100% web (na nuvem), flexível e customizável, com BI e dashboards nativos e Inteligência Artificial.

Ele garante as melhores estratégias para crescimento e expansão da marca no mercado. Entre as inúmeras vantagens de investir no ERP Sankhya, estão:

O sistema consegue extinguir todas as atividades burocráticas que são executadas de forma manual, incluindo as planilhas com otimização.

Se sua empresa busca uma gestão financeira de excelência, com eficiência e assertividade nos negócios, é preciso investir em tecnologia de qualidade. A Sankhya tem a solução ideal para atender as necessidades do seu negócio.

Saiba mais sobre as inúmeras funcionalidades do ERP Sankhya e seus benefícios.