Pular para conteúdo

ERP industrial: tudo o que você precisa saber!

A tecnologia é uma aliada cada vez mais presente nas indústrias, sobretudo com o avanço da indústria 4.0. Inteligência artificial...

erp industrial

A tecnologia é uma aliada cada vez mais presente nas indústrias, sobretudo com o avanço da indústria 4.0. Inteligência artificial e conectividade fazem parte das linhas de produção mundo afora e também no Brasil. E uma solução que pode ajudar muito na hora de gerir o seu negócio é o ERP industrial.

Essa ferramenta é indispensável para indústrias com alto fluxo de informações e processos diários, sendo indicada para negócios de qualquer porte e segmento, oferecendo um importante apoio à tomada de decisão. Quer entender melhor? Siga conosco!

Sem tempo para ler este artigo? Ouça no playear abaixo:

 

O que é um ERP industrial?

Um ERP é um sistema de gestão capaz de integrar todas as informações e processos de um negócio em um banco de dados centralizado. Assim, ao invés de usar planilhas e sistemas diferentes para cada setor, você usará uma ferramenta única, um sistema para indústria que consegue integrar todas as áreas e setores do seu negócio.

A partir do uso do ERP, é possível, portanto, controlar a movimentação dos insumos produtivos, emitir notas fiscais, gerenciar todos os custos, ter uma visão mais abrangente da produção, avaliar o desempenho das equipes comerciais etc.

O ERP funciona como um banco de dados centralizado dos inúmeros processos do seu negócio – e, justamente por isso, oferece a possibilidade de analisar os dados em tempo real, medindo a produtividade e a lucratividade.

MRP e MRP II

Quando você começar a pesquisar por sistemas para indústria poderá se deparar com as siglas MRP e MRP II – que são ferramentas voltadas ao gerenciamento de materiais em uma indústria.

Diferentemente de um comércio que compra e revende produtos, as indústrias compram matérias-primas e transformam em produtos acabados. Esse processo traz uma complexidade ainda maior à gestão de estoques e os sistemas MRP ajudam a resolver isso projetando, no futuro, a necessidade de compras e produção de acordo com inúmeros fatores, como demandas previstas, matérias-primas disponíveis etc.

Alguns sistemas, além dos materiais, também gerenciam a capacidade das máquinas e demais equipamentos da indústria, permitindo ao gestor avaliar de uma maneira macro se o seu maquinário tem capacidade para atender as demandas produtivas.

Como funciona um ERP para indústria?

Um ERP para indústria é dividido em diferentes módulos, cada qual voltado ao gerenciamento de uma parte específica da sua empresa. Esses módulos são interligados entre si, o que torna mais simples ter acesso a relatórios precisos e também cruzar dados e informações, até mesmo automatizando algumas tarefas.

Alguns dos módulos que podem estar presentes em um ERP industrial são:

1) gestão da produção: permite o planejamento dos recursos produtivos por meio do MRP e MRP II, produção contínua, lean manufacturing etc., gerenciamento multi-planta e multi-locais, usando de maneira mais efetiva a capacidade produtiva, verificação do quanto a indústria está usando dos recursos disponíveis, rastreamento por etapa de produção para visualizar em qual etapa do roteiro estão localizadas as ordens de produção, controle total dos fluxos e movimentações de estoque, gerenciamento dos processos terceirizados, controle das matérias-primas a partir da data de validade etc.;

2) gestão de compras: gerencia o relacionamento com os fornecedores, realiza pedidos eletrônicos em função do estoque e do giro de produtos, faz cotação online dos produtos, confere os pedidos de clientes em uma única operação, entre outros;

3) gestão de vendas: ajuda a acompanhar o desempenho das equipes comerciais, gerencia o limite de crédito para os clientes e auxilia no aumento da rentabilidade;

4) gestão financeira e contábil: fluxo de caixa, controle da inadimplência, DRE, margem de contribuição, ciclo financeiro e operacional, ponto de equilíbrio, escrituração fiscal, SPED fiscal e contábil, eSocial, NF-e/SAT, NFC-e e NFS-e etc.;

5) gestão de pessoas: gerenciamento da folha de pagamentos, banco de currículos, recrutamento e seleção, automação de ponto eletrônico, gestão de competências, gerenciamento por indicadores gráficos etc.;

6) gestão de CRM: gerencia o relacionamento com clientes, fornecedores e outros públicos de interesse da sua indústria, ajudando a melhorar o marketing.

Além desses, alguns sistemas ainda contam com inteligência artificial e Business Intelligence. Isso significa a possibilidade do ERP cruzar dados e gerar relatórios precisos, com indicadores essenciais para uma gestão mais estratégica e uma tomada de decisão acertada, melhorando os resultados da sua indústria.

Quais as vantagens dessa solução?

Pessoa mexendo em um tablet para usar o ERP industrial.
Com um ERP industrial é possível a automação dos processos, integração dos diferentes setores e, consequentemente, uma melhor gestão empresarial.

Como o ERP industrial consegue centralizar todas as informações da empresa, ele traz uma série de benefícios importantes, como:

  • integração de todos os setores, permitindo a comunicação em tempo real das áreas, o que oferece uma visão mais geral da sua empresa, ajudando a tomar decisões mais acertadas, como o gerenciamento dos estoques, compras etc.;
  • possibilidade de antever problemas e prever situações, graças ao gerenciamento automático dos dados, inclusive permitindo prever e agendar paradas de manutenção, fazer identificação de falhas, entre outros;
  • gestão de equipes acertada, graças aos relatórios e índices do ERP, permitindo avaliar o nível de produtividade dos setores e das pessoas, identificando mais facilmente os pontos que precisam de melhorias na sua empresa, projetos de capacitação e outras ações de RH;
  • redução de custos, pois será mais fácil controlar melhor o que a sua empresa precisa produzir, quais matérias-primas devem ser compradas, como fazer o gerenciamento de estoques e outros pontos, reduzindo o desperdício e cortando gastos desnecessários;
  • agilidade na comunicação, o que é crucial para uma tomada de decisão mais estratégica, pois o ERP integra, de forma harmônica, todos os integrantes do seu time, com disparo automático de ordens de serviço, alertas de compra para repor estoque, entre outras ações que podem ser automatizadas, liberando tempo dos seus funcionários;
  • aumento da produtividade, pois o software para indústria consegue evitar falhas na produção, automatizar processos e gerir melhor as equipes.

Neste conteúdo, você viu que um ERP industrial é uma ótima ferramenta para ajudar a gerir as indústrias, centralizando as informações de todos os seus setores em um só banco de dados. Assim é mais fácil cruzar os dados, automatizar tarefas e ter uma visão sistêmica da sua empresa.

Gostou deste conteúdo? Ficou interessado em um ERP para indústria? Conheça mais da solução Sankhya!

Sobre o autor
Redator Sankhya

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.