Pular para conteúdo

Como calcular CMV? Tudo sobre custo de mercadoria vendida

Não sabe como calcular CMV? Aprenda neste conteúdo como fazer esse cálculo e veja os benefícios do índice para sua...

Como calcular CMV

Acompanhar os indicadores e métricas é algo essencial na gestão de negócios atualmente. Afinal, eles ajudam a prever cenários, entender melhor a realidade das empresas e a tomar decisões mais embasadas. Nesse momento, contudo, é normal que surjam dúvidas, por exemplo como calcular CMV.

CMV é a sigla para Custo de Mercadoria Vendida e é essencial para que os gestores compreendam melhor sobre a lucratividade real das suas empresas. Você não sabe como calcular CMV e nem qual a importância desse indicador? Continue a leitura ou escute a narração dando o player abaixo.




O que é CMV?

Como dissemos na introdução, CMV é a sigla de Custo de Mercadoria Vendida. Esse índice nos mostra o valor gasto em uma mercadoria, incluindo o estoque e os demais investimentos que a sua empresa teve que fazer para conseguir vendê-la.

A partir do CMV, o gestor consegue descobrir e analisar o quanto precisa investir em cada produto, de forma a analisar melhor o retorno que ele traz ao negócio e se esse ganho é suficiente para cobrir os valores gastos.

A ferramenta ainda é indispensável na hora de calcular o lucro bruto da venda – oferecendo informações claras e essenciais para uma gestão financeira completa e detalhada.

Como calcular CMV?

O cálculo do CMV envolve uma série de variáveis, como:

  • custo investido na aquisição de insumos ou matérias-primas;
  • serviços realizados sobre os produtos;
  • lucro obtido com as vendas;
  • capital empenhado na logística;
  • custo da mercadoria não vendida;
  • entre outras.

É por isso que não existe uma só resposta à pergunta de como calcular CMV, já que existem várias possibilidades dependendo da perspectiva que se deseja analisar. Vamos ver em detalhes algumas opções.

Cálculo do CMV por mercadoria

Esse cálculo é o mais usado para logística e operações. As contas são feitas baseadas na quantidade em estoque de cada mercadoria.

Por isso, antes mesmo de calcular o CMV, é essencial ter um bom inventário, separando cada mercadoria.

A fórmula para calcular esse CMV é:

CMV= EI + C + DC – DV – EF

Em que:

  • EI= estoque inicial
  • C = compras
  • DC = devoluções de compras
  • DV = devoluções de vendas
  • EF = estoque final

Vamos supor que você tinha como Estoque Inicial 500 mercadorias, as compras também foram 500, as devoluções de compra foram 40 e as devoluções de venda foram 50 e o estoque final é de 500. Nesse caso teremos: CMV= 500+500+40-50-500. Então o CMV será de 490.

Supondo que o valor do produto seja R$ 10, basta efetuar o mesmo cálculo da fórmula anterior, multiplicando os valores por 10.

Por meio desse dado, você consegue entender melhor a solidez do seu estoque, suas vendas e rendimentos.

Cálculo CMV por saldo monetário

Nesse caso, os cálculos são realizados considerando os valores da mercadoria e não as unidades. A ênfase está na avaliação financeira. A fórmula é parecida com a anterior, com a diferença de que são retirados os valores de devolução.

Assim, teremos:

CMV = EI + C – EF

Sendo EI seu estoque inicial, C as compras e EF o estoque final.

Vamos supor que o seu produto custe R$ 5, seu EI seja de 750, C de 2000 e EF de 350. Assim teremos: CMV = 750 + 2000 -350, seu CMV será de 2400.

Itens que não são contabilizados

No cálculo do CMV, você deve ter notado que não estão incluídos os custos indiretos, ou seja, todas as despesas geradas para vender o item.

A fórmula considera apenas os custos diretos das mercadorias que foram vendidas de fato, porque o cálculo do CMV tem como propósito medir o verdadeiro custo de produção das mercadorias adquiridas pelos clientes.

O CMV é um índice mais específico e que fornece uma visão rápida e objetiva, demonstrando se os resultados obtidos com as vendas compensaram os custos de aquisição.

O cálculo também pode ser usado para demonstrar resultados por períodos, categorias distintas de produtos, filiais etc.

Qual a importância do CMV?

Time reunido em uma sala de reuniões, discutindo como calcular cmv.

Depois de descobrir como calcular CMV, você já deve ter notado a importância desse índice, não é mesmo?

Fazer o cálculo do CMV ajuda a apontar o quanto foi investido na produção da mercadoria e o quanto a empresa teve de retorno. Além disso, esse índice pode trazer mais benefícios na sua gestão, veja os principais.

Economia de recursos

Quando você descobre o quanto está gastando para disponibilizar aos seus clientes determinado produto, fica mais fácil apontar os processos que precisam ser alterados ou eliminados para reduzir o custo de produção, caso seja necessário.

Além disso, o CMV indica se está sendo cobrado um valor muito baixo em relação ao seus investimentos – ajudando na hora de reajustar o preço de venda para garantir um retorno mais justo.

Organização

Para calcular o CMV é indispensável que você tenha os registro de venda e o controle do seu estoque em dia. Então, quem ainda não faz o cálculo do CMV, passará a ganhar ao ter que começar a controlar melhor seus registros e integrar seus setores, algo que será benéfico à gestão como um todo.

O gerenciamento de estoque é um dos pontos que mais ganham com o CMV. À medida em que há informações relevantes sobre seus produtos mais vendidos e os que ficam mais tempo nos armazéns, sua empresa poderá adotar ações que ajudem a aproveitar o espaço disponível com eficiência, reduzindo os custos e aumentando seu faturamento.

Planejamento de investimentos

Ao conhecer seus gastos para produzir ou vender determinado mercadoria, você poderá entender melhor como deverá ser sua política de investimentos. Assim, é mais fácil gerir os pontos que precisam de economia e fazer com que seu retorno seja maior, aumentando o lucro e as possibilidades de crescimento do negócio.

A política de compras também passa a ser revista. Afinal, você pode estar investindo seus recursos em determinados produtos que não são atraentes para seu público. Ao constatar essa situação, será mais fácil gerenciar os gastos com a aquisição de mercadorias.

Como a Sankhya pode me ajudar?

Para calcular o CMV, mais importante do que saber a fórmula, é ter acesso aos dados corretos sobre sua empresa. Por isso, contar com a tecnologia é fundamental. Um bom software de gestão conseguirá automatizar seus processos e integrar seus setores, gerando dados confiáveis para calcular diversos indicadores.

A Sankhya dispõe de uma solução completa para empresas de diversos ramos, ajudando você a gerir melhor seu negócio e a calcular de forma exata seus indicadores financeiros.

Sobre o autor
Redator Sankhya

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.