O que é estoque de segurança? Importância e como calcular

Entenda o conceito de estoque de segurança, sua relevância para a gestão eficiente de inventários e como calcular. ...

No universo complexo da gestão de estoque, o chamado estoque de segurança é considerado um elemento importante para garantir a estabilidade operacional e a satisfação do cliente. 

Trata-se de uma reserva estratégica de produtos que visa resguardar a empresa contra variações imprevistas na demanda ou atrasos na cadeia de suprimentos. 

Neste contexto, compreender o que é estoque de segurança, sua importância e como calcular torna-se essencial para empresas que buscam otimizar processos logísticos e minimizar riscos.

Entenda agora, em detalhes, o conceito de estoque de segurança, destacando sua relevância para a gestão eficiente de inventários, e tenha insights práticos sobre como calcular esse componente vital para a sua empresa.

O que é estoque de segurança? 

Em resumo, o estoque de segurança é uma prática estratégica que proporciona às empresas uma margem de manobra para enfrentar a volatilidade do mercado e os desafios operacionais.

A principal função do estoque de segurança é agir como um amortecedor contra variações inesperadas, garantindo que a organização esteja preparada para lidar com situações imprevistas sem comprometer o desempenho ou a satisfação do cliente.

Além disso, o estoque de segurança tem a capacidade de mitigar riscos associados a fatores externos, como atrasos na produção, oscilações na demanda do mercado ou problemas logísticos.

Saiba mais sobre FIFO E FEFO no gerenciamento de estoques com o Mestre do ERP >

Qual é o papel do estoque de segurança na cadeia de suprimentos? 

A importância do estoque de segurança na cadeia de suprimentos se manifesta em vários aspectos. 

Em primeiro lugar, proporciona flexibilidade e agilidade para lidar com flutuações na demanda, especialmente em setores suscetíveis a sazonalidades ou mudanças repentinas nos padrões de consumo.

Também é papel do estoque de segurança reduzir a dependência de previsões precisas, uma vez que oferece uma margem de manobra para enfrentar variações não antecipadas, proporcionando estabilidade e resiliência.

Quais são as vantagens do estoque de segurança?

A seguir, listamos os principais benefícios de contar com estoque de segurança na sua empresa.

Resiliência operacional

O estoque de segurança confere resiliência às operações da cadeia de suprimentos, permitindo que as empresas enfrentem variações inesperadas na demanda ou atrasos na entrega de fornecedores sem comprometer a continuidade operacional.

Atendimento ao cliente

Ao manter um estoque de segurança, as empresas asseguram que estão aptas a atender as demandas dos clientes, mesmo em momentos de maior procura ou quando ocorrem imprevistos na cadeia de suprimentos.

Flexibilidade

O estoque de segurança proporciona flexibilidade operacional, permitindo que as empresas se adaptem a mudanças nas condições do mercado sem a necessidade de ajustes imediatos na produção ou nas estratégias logísticas.

Redução do risco de estoque esgotado

Ao manter uma reserva estratégica, as organizações conseguem evitar o risco de ficarem sem estoque em momentos cruciais, o que poderia resultar em perdas de vendas, insatisfação do cliente e oportunidades de mercado perdidas.

Existem desvantagens em ter estoque de segurança?

Apesar de o estoque de segurança exercer um papel fundamental na gestão de riscos e na preservação da eficiência operacional na cadeia de suprimentos, é necessário equilibrar as vantagens e as desvantagens inerentes. Conheça alguns pontos negativos que devem ser considerados.

Custo adicional

Manter um estoque de segurança implica em custos adicionais, pois significa investir em mais produtos armazenados. Isso pode impactar diretamente os custos operacionais e a rentabilidade da empresa.

Estimativa desafiadora

Calcular o estoque de segurança de forma precisa pode ser desafiador, pois envolve a consideração de variáveis dinâmicas e incertezas. Uma estimativa inadequada pode resultar em estoques excessivos, levando a custos desnecessários ou estoques insuficientes, resultando em problemas de atendimento.

Espaço de armazenamento

A manutenção de um estoque de segurança requer espaço adicional de armazenamento, o que pode ser um desafio em ambientes onde o espaço é limitado ou caro. Isso é particularmente relevante em setores em que os produtos têm características específicas de armazenamento.

Obsolescência

Produtos mantidos em estoque de segurança podem se tornar obsoletos caso não sejam utilizados dentro do prazo desejado. Isso pode resultar em perdas financeiras, especialmente em setores com produtos de vida útil curta.

Como calcular e montar um estoque de segurança? 

Comece analisando a demanda histórica dos produtos. Considere também a variabilidade na demanda, identificando padrões sazonais ou flutuações imprevisíveis.

Entenda o tempo médio necessário para repor o estoque, desde o momento do pedido até a entrega efetiva dos produtos. Inclua nesse cálculo o tempo de trânsito, o tempo de processamento de pedidos e possíveis atrasos.

Estabeleça o nível de serviço desejado pela empresa, que representa a probabilidade de atender a demanda durante o tempo de reposição. Isso ajuda a determinar o nível de estoque de segurança necessário para atingir esse objetivo.

Utilize a fórmula básica para calcular o estoque de segurança:

Estoque de segurança = (demanda média x tempo de reposição) + fator de segurança 

O fator de segurança é um multiplicador que leva em conta a incerteza na demanda e no tempo de reposição. Pode ser determinado empiricamente ou com base em dados históricos.

Exemplo prático: Considere uma empresa que vende eletrônicos, cuja demanda varia sazonalmente. Se a demanda média mensal for de 1.000 unidades, o tempo médio de reposição for de 2 semanas e o fator de segurança for estabelecido em 1,2, o cálculo do estoque de segurança seria:

Estoque de segurança = (1.000 x 2) + (1.000 x 2 x 0,2)

Estoque de segurança = 2.000 + 400 = 2.400 unidades

Portanto, nesse exemplo, a empresa precisaria manter um estoque de segurança de 2.400 unidades para lidar com variações na demanda e garantir um nível desejado de serviço ao cliente durante o tempo de reposição.

Lembre-se de que o ambiente de negócios está em constante mudança e, portanto, é crucial revisar periodicamente os cálculos do estoque de segurança. Ajustes podem ser necessários para refletir alterações na demanda, tempo de reposição ou outras variáveis relevantes.

Quais fatores podem afetar o estoque de segurança? 

O estoque de segurança é influenciado por uma série de fatores que refletem a complexidade e a dinâmica da cadeia de suprimentos. Compreender esses elementos é essencial para calcular e manter um estoque de segurança eficaz.

Aqui estão alguns fatores-chave que impactam diretamente esse componente estratégico:

  • Demanda variável: flutuações sazonais, mudanças nos padrões de consumo e eventos inesperados podem impactar drasticamente a demanda, exigindo níveis mais elevados de estoque de segurança.
  • Tempo de reposição: atrasos no processo de reposição, sejam eles relacionados à produção, transporte ou outros elos da cadeia, aumentam a probabilidade de esgotamento de estoque, exigindo um estoque de segurança mais substancial.
  • Confiabilidade dos fornecedores: interrupções na cadeia de suprimentos devido a problemas com fornecedores podem levar a atrasos inesperados, justificando um aumento no estoque de segurança.
  • Nível de serviço desejado: empresas que buscam um alto nível de serviço geralmente precisam manter estoques adicionais para atender às expectativas dos clientes.
  • Previsões de demanda: previsões precisas contribuem para a redução da incerteza, permitindo que as empresas calculem adequadamente os estoques de segurança. 
  • Custos associados: empresas buscam um equilíbrio entre garantir um nível adequado de estoque de segurança e minimizar os custos associados ao excesso de estoque.

Esses fatores interagem de maneira complexa e, portanto, a análise holística de cada um é essencial para um dimensionamento adequado do estoque de segurança.

Dicas para gerenciar o estoque de segurança

Separamos algumas dicas para gerenciar o estoque de segurança do seu negócio. 

Ao seguir essas dicas e ajustar estratégias conforme necessário, as empresas podem gerenciar de forma eficaz o estoque de segurança, garantindo a flexibilidade necessária para enfrentar os desafios dinâmicos da cadeia de suprimentos.

1. Conserve a análise de demanda atualizada

Considere fatores sazonais, tendências de consumo e mudanças no comportamento do cliente. Atualizar regularmente as previsões de demanda contribui para um cálculo mais preciso do estoque de segurança.

2. Monitore o tempo de reposição

Identifique possíveis atrasos e ajuste o estoque de segurança conforme necessário. Manter um relacionamento próximo com os fornecedores pode contribuir para reduzir os riscos associados a interrupções na cadeia de suprimentos.

3. Faça a avaliação contínua do nível de serviço

Se as expectativas dos clientes mudarem ou se a concorrência exigir um serviço mais rápido, ajuste o estoque de segurança para manter um alto padrão de atendimento.

4. Mantenha o fator de segurança ajustável

À medida que a empresa evolui, o ambiente de mercado muda e novas informações se tornam disponíveis, é importante ajustar o fator de segurança para refletir as condições atuais.

5. Treine a equipe

Capacite a equipe responsável pelo gerenciamento de estoque para compreender a importância do estoque de segurança e como calculá-lo corretamente. Um entendimento sólido ajuda na tomada de decisões informadas e na adaptação ágil a mudanças nas condições do mercado.

6. Considere ter estoque just-in-time

A estratégia de estoque just-in-time visa reduzir os níveis de estoque geral, mantendo um estoque de segurança eficiente. Isso minimiza os custos associados ao armazenamento e melhora a eficiência operacional.

7. Estabeleça avaliações regulares de desempenho

Isso permite identificar áreas de melhoria e ajustar as estratégias conforme necessário para otimizar continuamente o processo.

8. Use tecnologia

A tecnologia pode facilitar a análise de dados históricos, melhorando a precisão das previsões e reduzindo a probabilidade de excesso ou falta de estoque. Utilize sistemas de gerenciamento de estoque e software de gerenciamento de processos (ERP) para automatizar o cálculo do estoque de segurança.

[Dica bônus] Conheça o WMS

Em síntese, o estoque de segurança é uma peça-chave na engrenagem da gestão de estoques, garantindo a continuidade operacional e a satisfação do cliente.

Ao compreender o que é estoque de segurança e sua importância, as empresas podem construir estratégias robustas para enfrentar as complexidades da cadeia de suprimentos.

Além disso, a tecnologia desempenha um papel crucial na eficiência desse processo. Sistemas avançados de gerenciamento de armazéns, como o sistema WMS (Warehouse Management System), oferecem ferramentas poderosas para otimizar o controle de estoque de segurança.

O WMS não apenas automatiza tarefas operacionais, mas também fornece insights valiosos, permitindo o aperfeiçoamento de uma gestão mais inteligente e precisa do estoque, contribuindo assim para a minimização de riscos e custos associados.

Diante disso, convidamos você a dar um passo à frente na modernização de sua gestão de estoques. 

Faça um tour pelo nosso sistema WMS e descubra como ele pode revolucionar a maneira como você gerencia seu estoque de segurança. O futuro da sua cadeia de suprimentos está apenas a um clique de distância.

Sobre o autor
Redator Sankhya

Olá! Este post foi escrito por nosso redator oficial Sankhya. Deixe seu comentário abaixo sobre o que você achou deste texto :)

Receba nossa newsletter

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Receba nossa newsletter

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Receba nossa newsletter

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Receba nossa newsletter

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Região Sudeste
Sul
Região Nordeste
Região Centro-oeste
Região Norte

Central de Vendas  0800 940 0750
plugins premium WordPress
SOLICITE ORÇAMENTO

Envie seus dados que logo nossos especialistas entrarão em contato.

Torne-se uma unidade Sankhya

Para análise inicial de aderência ao Programa Unidades de Negócios Sankhya, favor preencher o formulário abaixo.

SOLICITE ORÇAMENTO

Envie seus dados que logo nossos especialistas entrarão em contato.

Sua inscrição foi realizada com sucesso.

SOLICITE UMA PROPOSTA

Nossos consultores estudarão a fundo suas necessidades e apresentarão as melhores soluções para a sua empresa.

Fale com um Consultor

Obrigado por se cadastrar

SOLICITE ORÇAMENTO

Envie seus dados que logo nossos especialistas entrarão em contato.

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.