Pular para conteúdo

[Infográfico] Como manter o engajamento do time de vendas com o isolamento social.

Estamos vivendo um momento único e imprevisível, sabemos que nunca foi tão necessário transformar a sua forma de fazer negócios....

Estamos vivendo um momento único e imprevisível, sabemos que nunca foi tão necessário transformar a sua forma de fazer negócios. Por isso, a Sankhya está realizando o Sankhya Live Week. Uma semana de conteúdos ao vivo sobre o que as empresas estão fazendo para minimizar os impactos da crise devido ao Covid-10. 

Em nosso penúltimo encontro, foi abordado o tema “Como manter o engajamento do time de vendas com o isolamento social”. Contamos com Carlos Cruz da Bravend, Luiz Gaziri palestrante e consultor de vendas e Breno Gomes, Diretor de Vendas e Marketing da Sankhya. 

Preparamos algumas dicas e insights para te ajudar a manter a motivação da equipe de vendas nesse momento de crise. Veja tudo neste Infográfico abaixo. 

<< Clique aqui para fazer o download do Infográfico.<<


#Maiores desafios da equipe de vendas com o isolamento 

 

De acordo com o Carlos Cruz o sentimento de crise gera incerteza e medo. Esse medo faz com que a equipe de vendas acabe travando no momento da venda, mas elas precisam continuar em movimento gerando novas oportunidade e alimentando o pipeline. 

Luiz Gaziri contribuiu com uma análise científica sobre o estresse. De acordo com ele, o estresse mais prejudicial é a insegurança financeira. Como o salário das equipes de venda é em maior parte composto por comissão, acaba gerando uma insegurança em relação ao salário e isso influência diretamente na motivação dos vendedores. Uma dica é que as empresas analisem uma forma de dar segurança financeira para sua equipe de vendas e assim estimular a motivação, isso pode ser feito através de um adiantamento, por exemplo.

#Como estar próximos dos clientes mesmo em isolamento social 

 

Para Carlos Cruz, é necessário direcionar as equipes para executar tarefas que tragam a percepção de conquista e resultados. Por exemplo, se não tem o caixa suficiente para adiantar salários, faça com que a equipe foque em ações e movimentos para que eles possam visualizar algum resultado. 

Luiz Gaziri complementou, que é necessário mudar o foco, onde a principal métrica deixe de ser fechamento da venda, mas determinar tarefas que eles consigam alcançar e que num futuro vão fazer com que essa venda seja fechada. Um exemplo é criar meta de prospecção diária ou semanal. Importante destacar, que essa meta deve ser alcançável. 

Ele aborda essa questão por ser um dos tripés da motivação, que é autonomia, sentimento de competência e metas alcançáveis. 

Breno Gomes aborda uma questão muito importante nesse momento de crise. Sabemos que em cada segmento a relação com o cliente é diferente, mas independente disso, é hora de colocar em prática o que ele chama de “H2H” ou  “human to human”, que nada mais é que a relação humana. Mesmo com a Transformação Digital, é necessário nunca deixar de lado o contato humano e deve-se assumir uma postura de apoio aos clientes. 

 

#Como a tecnologia pode ajudar nesse momento

 

Carlos Cruz fala sobre 3 passos principais para garantir a alta performance da equipe de vendas nesse momento. 

  • Visualizar: é necessário analisar o que tem no seu Funil de Vendas de possíveis de negócios  para esse mês, ou essa semana. Uma dica é olhar o funil de baixo para cima, ou seja, focar naquelas negociações que estão mais próximas de serem concluídas. 
  • Garantir: Nessa etapa deve-se analisar cada negociação específica e entender “o que vai ser feito”, “como vai ser feito”, “com quem vai ser feito” em cada oportunidade, pois cada cliente está reagindo de uma forma ao momento.
  • Buscar: Para buscar esse fechamento é necessário olhar primeiro para carteira, cruzando produto e clientes e fazer o movimento de ir para o mercado oferecendo o que realmente faz sentido para aquela empresa. 

Luiz Gaziri analisa que em tempos de crise, as pessoas têm um sentimento de descontrole causado pela incerteza. Nesse momento, a tecnologia ajuda, pois consegue trazer um certo controle para o processo, fornece dados e informações de qual caminho seguir. Isso é um fator extremamente importante para a motivação. 

Para concluir, Felipe Calixto, CEO da Sankhya fala sobre a postura de protagonista que devemos adotar e não de vitimistas, pois estamos falando de pessoas e atitudes. 

Esse foi um resumo de mais um dia de Sankhya Live Week. Aproveite e acompanhe mais conteúdos em nosso Blog.

 

Sobre o autor
Thamara Miranda

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.