Pular para conteúdo

O que é e quais são as vantagens do Banking as a Service?

O Banking as a Service é uma ótima estratégia para criar boas experiências de atendimento ao cliente, mesmo que a...

Banking as a Service

Atualmente, é muito comum em empresas de tecnologia o “as a service”, expressão em inglês utilizada para serviços que são oferecidos aos clientes. O Banking as a Service, ou BaaS, é uma forma de se oferecer serviços de banco dos mais variados segmentos de forma prática, eficaz e trazendo benefícios aos usuários.

O Banking as a Service é uma ótima estratégia para criar boas experiências de atendimento ao cliente, mesmo que a empresa não seja do setor financeiro. É uma forma de disponibilizar produtos/serviços iguais aos de bancos tradicionais, mas de maneira digital

Sem tempo para ler sobre o Banking as a Service? Ouça este conteúdo clicando no player abaixo:

Neste artigo, explicamos como funciona o BaaS, quais as vantagens de ter esse serviço em sua empresa, os desafios e como implantar. Confira!

O que é Banking as a Service?

Como uma forma de facilitar para o cliente as tarefas burocráticas e as complexidades de um serviço financeiro tradicional, o BaaS traz ao cliente um atendimento mais personalizado, atendendo às suas necessidades. O Banking as a Service pode oferecer diversas opções aos usuários, como:

  • Transferências bancárias;
  • Contas digitais;
  • Cartões (crédito e/ou débito);
  • Pix;
  • Empréstimos etc.

Segundo pesquisa divulgada pelo World Retail Banking Report 2021, 81% dos entrevistados afirmam que os serviços financeiros digitais, como o BaaS, são mais acessíveis e flexíveis do que em bancos tradicionais, sendo um dos motivos que podem motivá-los a fazer essa troca.

Através de uma interface que facilita o uso dos serviços fornecidos pelo BaaS, o cliente consegue fazer movimentações de forma mais prática, como criar contas, fazer transferências e consultar dados.

Além disso, a empresa que disponibiliza o Banking as a Service se abstém de questões complexas e burocráticas do âmbito financeiro, como licenças com órgãos reguladores.

O Banking as a Service é fornecido para as empresas interessadas por meio de APIs (Application Programing Interface), que são um conjunto de normas e padrões de programação que fazem a comunicação entre o desenvolvedor e a organização que presta os serviços bancários através de plataformas. Com essa tecnologia, é possível facilitar a integração entre sistemas sem precisar de interferência humana.

Leia também: Entenda o que é e como o Open Banking pode afetar sua empresa

Como funciona na prática o Banking as a Service?

No BaaS, é feita uma integração, através da plataforma de gerenciamento, mantendo contato entre as empresas que querem oferecer serviços financeiros aos seus clientes e os bancos digitais, que fazem a ponte com as instituições financeiras.

As APIs fazem a comunicação entre os desenvolvedores (uma fintech, por exemplo) e a empresa que presta o serviço financeiro. Com isso, a organização que contrata o Banking as a Service consegue manter um padrão de segurança, como o de um banco digital

Os clientes passam a ter experiências personalizadas e eficazes, considerando que um serviço feito de forma convencional é mais trabalhoso e demorado. A partir disso, a empresa pode criar laços de relacionamento com os usuários, além de ter acesso a informações importantes, como a forma de consumo de cada um.

Quais são as vantagens do Banking as a Service?

Expandir as formas de atuação no mercado, fidelizando clientes e conquistando novos, é uma excelente estratégia para que a empresa se destaque. As pessoas usam cada vez mais a tecnologia na rotina e o Banking as a Service ajuda a otimizar o tempo, disponibilizando os serviços em uma única plataforma.

Oferecer o BaaS também é uma forma de ter informações das movimentações financeiras dos consumidores e, consequentemente, entender o comportamento de compra de cada um. Dessa maneira, é possível personalizar o atendimento conforme a necessidade do cliente.

De acordo com a Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2021, houve 90% de crescimento na abertura de contas e no relacionamento com clientes pelos meios digitais. Em 2020, foram 7,6 milhões de novas contas abertas.

Os dados mostram que serviços financeiros disponibilizados por meios tecnológicos têm maior segurança e conveniência para os usuários. A integração de todas as atividades em um único sistema, como permite o Banking as a Service, aumenta as possibilidades do cliente e o aproxima da empresa, além de garantir vantagens, como:

Serviços personalizados

Oferecer vantagens aos seus clientes, atendendo às necessidades de cada um conforme seus hábitos de consumo, é uma vantagem ao implantar o BaaS. É possível personalizar o Banking as a Service com estratégias que se adequem às preferências e às necessidades dos consumidores com relação a serviços financeiros. 

Redução de custos

Um dos pontos positivos do BaaS é a redução de custos tanto para a empresa quanto para os clientes. Uma dessas reduções são as taxas, que, em serviços de bancos tradicionais, são bem mais altas, enquanto que, no formato digital, em muitos casos, os consumidores sequer são cobrados. 

Para as organizações, são reduzidos os custos com a parte administrativa, como nos pagamentos, já que o Banking as a Service otimiza os processos financeiros.

Fidelização de clientes e atração de novos

As pessoas procuram otimizar o tempo do dia a dia devido à rotina agitada. Por isso, procuram desfrutar de serviços tecnológicos que facilitem tarefas burocráticas de forma mais prática

Com um serviço como o BaaS, a empresa passa a ter uma relação de confiança com os clientes e conseguem a fidelização, além de atrair novos consumidores interessados na praticidade oferecida.

Quais são os desafios do BaaS? 

Saber sobre os desafios de disponibilizar o Banking as a Service é fundamental para que a empresa saiba evitar esses possíveis problemas e também esteja preparada para resolvê-los, se necessário.

A seguir, listamos alguns desafios que a sua empresa pode ter:

Fraudes

A tecnologia está cada vez mais prática e inovadora, mas, ao mesmo tempo, crescem as fraudes em sistemas. A organização precisa estar atenta, principalmente por ter acesso a dados privados dos clientes. Para se ter uma ideia, um estudo da Mastercard apontou que 57% das organizações brasileiras são alvos de fraudes e ataques digitais com alta ou média frequência.

Regulação

As normas bancárias são regidas pelo Banco Central e algumas são passíveis de penalidades, caso sejam infringidas. Sendo assim, para implantar o BaaS, a empresa precisa estar atenta a essas cláusulas e oferecer um serviço que não saia dos padrões normativos.

Conhecimento

Por não atuarem diretamente com o segmento financeiro, as empresas que disponibilizam o Banking as a Service precisam adquirir conhecimento para se destacar no mercado e também evitar problemas. Uma boa estratégia é contratar profissionais especializados.

Por que implantar o BaaS?

Empresas que adotam maneiras de facilitar o dia a dia de seus clientes de forma tecnológica conseguem crescer e se destacar em um mercado competitivo. O crescimento de ofertas em serviços digitais vem aumentando e chamando cada vez mais a atenção dos consumidores.

Segundo a Pesquisa de Orçamentos Familiares, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o gasto com tarifas bancárias aumentou 150% em 10 anos. Com isso, os clientes passaram a procurar por serviços financeiros digitais, como o BaaS.

Sendo assim, implantar o Banking as a Service em uma empresa gera inúmeros resultados positivos.

Estes são alguns dos motivos importantes para a sua empresa implantar Banking as a Service:

  • Amplia a oportunidade de serviços que a empresa disponibiliza para o cliente;
  • Oferece soluções financeiras de forma digital e personalizada;
  • Facilita o gerenciamento de pagamentos;
  • Fideliza clientes e atrai novos;
  • Garante diferencial de mercado.

Para saber mais sobre tendências no mundo dos negócios, assine a nossa newsletter e receba conteúdos em primeira mão:

Sobre o autor
Kaísa Martins

Jornalista especialista em Comunicação Empresarial. Escreve sobre o mercado de TI há 13 anos.

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.