Pular para conteúdo

Qual é o melhor momento para trocar de ERP?

Começamos o ano com este conteúdo, que é baseado na pergunta que eu mais recebo, seja de iniciantes ou de...

trocar erp

Começamos o ano com este conteúdo, que é baseado na pergunta que eu mais recebo, seja de iniciantes ou de profissionais mais experientes: qual é o melhor momento para contratar, implantar e começar a trabalhar com um novo ERP?

Será que existe uma regra para definir essas datas? Continue a leitura para ficar por dentro sobre o que nós achamos sobre isso.

Existe uma data ideal para colocar um novo ERP em funcionamento?

De maneira geral, existe a ideia de que a melhor data é o primeiro dia útil de janeiro do próximo ano, por questões de fechamento contábil e de folha de pagamento.

Isso é razoavelmente verdade para alguns segmentos. Mas por que não é integralmente uma verdade? Porque as empresas não fecham a contabilidade nessa data.

A contabilidade do ano passado, dependendo do regime jurídico da sua empresa, talvez só vai ser fechada em março do ano subsequente. A folha de pagamento também tem reflexos que vão além do dia 31 de dezembro. As pessoas que têm salários variáveis recebem médias de 13º e médias de férias que estão todas lá na folha do mês anterior e do ano anterior.

Então, embora o primeiro dia útil de janeiro seja considerado por muitos como a melhor época para se fazer a implantação do ERP, não é bem assim.

Mas essa é uma realidade do mercado. Os clientes querem fazer um “ano novo, vida nova” com ERP novo e, dessa forma, fazem o seu cronograma considerando a possibilidade de fechar e de fazer a implantação do ERP para tê-lo funcionando a partir de janeiro.

No entanto, nós que trabalhamos com ERP há décadas temos muitas lembranças de empresas que passaram Natal e Ano Novo em meio a uma confusão generalizada de virada de sistema. Por isso, nem sempre a experiência de colocar o ERP funcionando no primeiro dia útil de janeiro é a mais produtiva.

Sendo assim, um bom plano seria o seguinte:

  • Entre outubro e novembro, fazer um levantamento de opções de ERP.
  • Entre janeiro e fevereiro, tomar a decisão sobre a solução.
  • Entre março e dezembro, fazer a implantação desse ERP.
  • Em janeiro, colocar o ERP em funcionamento.

A escolha do melhor momento para implantar um ERP depende do segmento da empresa?

Esse é outro ponto importante que deve ser levado em consideração para definir em que época o ERP será colocado em funcionamento.

Por exemplo, empresas do segmento agro, dependendo da região do Brasil e do tipo de cultura que essas desenvolvem, como soja, milho, sorgo, café etc., pode acontecer que a época do plantio e da safra sejam as piores para a implementação de um ERP.

Então, no cerrado brasileiro, que é uma região em que o agro é forte, é típico que o plantio comece no final de setembro e as safras se estendam até março ou abril. Nesse caso, qual é o melhor momento para essas empresas fazerem uma implantação de ERP? Certamente, não é em janeiro, de jeito nenhum. O melhor momento seria entre maio e junho.

Dessa forma, a empresa vai ter um ponto de mudança fora do momento em que os negócios estão mais intensos.

O turismo também tem essa característica. Para as empresas que atuam nesse ramo, janeiro e fevereiro é o momento de maiores vendas. Então, não faz sentido virar o ERP e correr os riscos da mudança em pleno mês de janeiro. O ideal é fazer isso na baixa temporada, quando o volume de operações é menor e quando eventuais problemas podem ser manipulados de maneira muito mais calma.

Essa também é uma verdade até mesmo para os segmentos em que tradicionalmente os negócios acontecem no final do ano. Por exemplo, o varejo e grandes partes da indústria têm um volume grande de negociações no final do ano e, em janeiro, é mais calmo.

Ou seja, essa decisão depende muito do segmento de atuação da empresa. Há segmentos que têm alto impacto no verão. Outros, em que é no Dia das Mães, por exemplo. Dependendo da região do Brasil, é em determinadas festas, como no Norte e no Nordeste, em que é muito forte a Festa Junina. Então, a implantação de um sistema deve ser feita em setembro, porque é depois da Festa Junina e antes do Natal.

Então, qual data escolher para implementar o ERP?

A resposta é: depende. A ideia, portanto, é que a empresa avalie qual é o melhor momento do fluxo do seu negócio e da sua cadeia de valor para fazer uma implantação de ERP que implique o menor risco possível. Ou seja, no momento em que os negócios não sofrerão um impacto profundo de algum problema que tenha ocorrido na implantação.

Dessa forma, é importante planejar o seu cronograma de modo que você tenha o tempo necessário para fazer a implantação e chegar àquela data em condições de colocar o ERP em produção.

E você, já fez um cronograma escolhendo uma data adequada ou inadequada para fazer a virada do seu ERP? Como foi a experiência? Conta aqui para nós. Será um prazer trocar ideias sobre esse assunto com você.

Sobre o autor
Mestre do ERP

Com mais de 30 anos de experiência em ERP, Marco Antônio Salvo possui experiência na área de serviços, desenvolvimento e software. Atualmente atua na área de desenvolvimento de novos negócios e soluções na Sankhya Gestão de Negócios, e tem o maior canal sobre ERP do Brasil, o Mestre do ERP.

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.