Pular para conteúdo

Guia completo sobre PDI: Plano de Desenvolvimento Individual

Ter um time de colaboradores engajado e satisfeito é uma das melhores estratégias para reduzir custos e baixar o índice...

PDI - Plano de Desenvolvimento Individual

Ter um time de colaboradores engajado e satisfeito é uma das melhores estratégias para reduzir custos e baixar o índice de turnover de uma empresa. E é possível fazer isso por meio de um plano de carreira atraente e um plano de desenvolvimento individual (PDI) eficaz.

Mas, antes disso, entenda que o plano de carreira é um instrumento que define as possíveis trajetórias de crescimento na organização. Ele indica as políticas de desenvolvimento, as competências e as habilidades necessárias para cada cargo.

Enquanto isso, o plano de desenvolvimento individual (PDI) é construído com o auxílio da empresa, mas depende muito mais do colaborador.

O PDI trata dos objetivos pessoais e profissionais de cada indivíduo e foca em garantir que os interesses também sejam compatíveis com as necessidades e as metas da empresa.

Para assegurar que a companhia seja beneficiada pelo plano de desenvolvimento individual dos colaboradores, é importante incentivar e auxiliar os funcionários na construção do PDI. Confira agora o que é PDI e como ele pode fazer a diferença em um negócio. 

O que é plano de desenvolvimento individual (PDI)? 

Resumidamente, o PDI, ou Plano de Desenvolvimento Individual, é uma ferramenta de apoio ao crescimento e evolução dos colaboradores, facilitando o alcance das metas e sonhos para a carreira. 

O PDI trata-se de uma sistematização de ações focadas no objetivo de incremento de performance e/ou evolução profissional, baseadas em competências essenciais para o cargo

Em outras palavras, o PDI é um documento com metas e prazos claros. Uma espécie de roteiro ou mapa que mostra onde o profissional está e quais são as possíveis rotas e estratégias que ele pode utilizar para conquistar os planos e os objetivos de carreira.

Saiba quais são as vantagens do PDI.

Como o PDI pode fazer a diferença e quais são as suas vantagens? 

Um plano de desenvolvimento individual bem estruturado favorece não só o colaborador como também a empresa. Quando as expectativas em relação à entrega de determinado profissional são alinhadas e ele se compromete com as ações, a evolução é certa. Em consequência, os resultados do trabalho virão com mais fluidez

É uma via de mão dupla: o colaborador percebe o interesse genuíno da empresa em contribuir para o crescimento dele e, conforme vai evoluindo, se sente cada vez mais reconhecido e valorizado. A empresa, por sua vez, terá um profissional dedicado, conectado com as melhores práticas de mercado e que consegue se relacionar bem com outras áreas da empresa. Isso gera mais sinergia e traz novas ideias para a evolução do negócio. afirma Nayara Franco. 

As principais vantagens em fazer PDI com talentos de uma empresa são: 

Aumenta a motivação do time

O plano de desenvolvimento individual ajuda a motivar os colaboradores, uma vez que o time percebe que a empresa também investe no desenvolvimento e nas competências dele. Além disso, por meio da avaliação de desempenho, o funcionário tem mais autonomia na carreira, podendo controlar o  próprio crescimento.

Melhora a produtividade

Pesquisas apontam que colaboradores motivados e mais felizes contribuem efetivamente nos resultados de um negócio. Quando a empresa aplica o PDI, adota também um estilo de liderança participativo com mais respeito ao indivíduo e, consequentemente, o colaborador se torna mais engajado e produtivo. 

Define objetivos claros e promove o cumprimento de metas 

O PDI elenca quais são os objetivos e as metas a serem alcançadas, o que traz clareza aos processos internos da empresa. Na medida em que os colaboradores sabem exatamente quais são as próprias funções e foco, fica mais fácil atingir resultados e metas. 

Diminui o turnover e estimula o plano de carreira

Por meio do plano de desenvolvimento individual, é possível descobrir quais são os melhores funcionários para determinados cargos. Como consequência, a contratação e a retenção de novos talentos é conectada aos propósitos da empresa, reduzindo a taxa de rotatividade e construindo uma evolução contínua do colaborador e do negócio.

Melhora o ambiente de trabalho 

Com cargos e salários bem definidos, planos de carreira estipulados e, principalmente, PDIs bem feitos, fica fácil saber os trajetos de cada colaborador dentro da organização. Assim, o ambiente de trabalho fica mais saudável e produtivo. Um clima de colaboração se cria para que ambos tenham sucesso em cada meta pessoal e profissional. 

Depois de saber quais são as vantagens de aplicar o plano de desenvolvimento individual, confira agora dicas para construir um PDI de sucesso

Passo a passo para construir um PDI de sucesso

Para realizar um plano de desenvolvimento individual eficiente sugerimos quatro passos fundamentais. São eles:

1. Clarificar o objetivo do PDI 

Antes de mais nada, gere clareza dos objetivos. Isso vai potencializar a performance na posição atual ou auxiliar no preparo para um novo desafio.

Faça perguntas como:

  • Onde eu quero chegar?
  • Quais são os objetivos que eu tenho enquanto profissional nesse período de tempo (que pode ser o trimestre, semestre ou até mesmo o ano)?

As respostas serão úteis para o próximo passo de um PDI de sucesso, que é o da autoavaliação.

2. Autoavaliação 

Nesse momento, faça uma autoavaliação:

  • O que eu tenho de pontos fortes que me ajudariam a alcançar esses objetivos?
  • Quais competências ainda preciso desenvolver?

Lembre-se de que, quando falamos em desenvolvimento, consideramos conhecimento técnico (hard skills, que podem vir por meio de cursos, livros, treinamentos técnicos etc.) e habilidades comportamentais (soft skills, que passam por como lidamos com as situações e as pessoas ao redor).

Além de pontuar esses aspectos no PDI, é muito importante considerar a aplicação desses conceitos no dia a dia, a partir do conhecimento adquirido em um curso ou livro, por exemplo. Reflita sobre como o colaborador pode praticar esse aprendizado em ações da rotina e tornar-se um profissional do futuro.

3. Planejamento e execução 

Depois de elencar pontos fortes e de melhoria no PDI, faça um planejamento eficiente com cronograma e que seja executável.

Adote a filosofia “lifelong learning”, que significa aprendizado ao longo da vida, ou seja, o desenvolvimento do colaborador deve acontecer continuamente e não apenas em um período de tempo específico.

4. Revisão 

Faça revisões periódicas do PDI e sobre o quanto todas essas ações estão contribuindo para que o colaborador se aproxime do objetivo proposto. Se for necessário, faça adaptações e mudanças e ajude o profissional a se comprometer com elas.

Como o ERP facilita o PDI?

O plano de desenvolvimento individual tem como característica uma cadência de ações com objetivos e prazos a serem cumpridos. Por esse motivo, usar ferramentas de registro e acompanhamento das ações é essencial para que o plano não se perca ao longo do tempo.

Com um sistema integrado de gestão empresarial (ERP), é possível atrelar as ações de desenvolvimento a competências organizacionais pré-definidas e, depois, conectá-las com os resultados de performance do colaborador.

Também é possível definir BI’s de reforço quanto ao prazo de realização dessas ações, o que possibilita o acompanhamento do PDI de forma mais rápida.

Além disso, o colaborador tem total autonomia para acompanhar as ações e incluir evidências de evolução ou conclusão delas.

Veja o vídeo sobre como funciona a Gestão de Pessoas no ERP Sankhya:

Conheça modelos de ações de PDI 

Para deixar ainda mais claro como fazer um plano de desenvolvimento individual eficiente, nós da Sankhya criamos o guia prático “Modelo de Ações de PDI”. Esse material ajuda gestores e líderes a construírem o PDI dos colaboradores, usando desafios práticos e tendo maneiras para desenvolvê-los.

O guia mostra como elencar objetivos e como alcançá-los, assim como oferece sugestões de materiais para resolver os desafios propostos. O modelo de ações de PDI Sankhya ainda separa em etapas os desafios nas áreas de autodesenvolvimento, resiliência, flexibilidade, visão sistêmica, comunicação, performance, relacionamento, inovação e liderança

Baixe o conteúdo para ter acesso a informações valiosas que vão te ajudar a construir um plano de desenvolvimento individual (PDI) eficiente.

Sobre o autor
Nayara Franco

HR Business Partner na Sankhya. Graduada em Psicologia, possui MBA em Gestão de Recursos Humanos e certificações como Analista PI e Consultora DISC. Atende a diferentes unidades de negócio de acordo com as necessidades de cada área. Conecta processos de gestão de pessoas com as necessidades do negócio, estabelecendo parceria com as lideranças para garantir que os processos estejam alinhados com a cultura e a estratégia da organização.

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.