Pular para conteúdo

Logística 4.0: o que é, qual sua importância e como implementar na sua empresa?

As atividades do dia a dia estão cada vez mais velozes e os consumidores mais acelerados e exigentes em relação...

Logística 4.0

As atividades do dia a dia estão cada vez mais velozes e os consumidores mais acelerados e exigentes em relação à agilidade na entrega de uma compra. No entanto, apenas a entrega rápida já não é um diferencial, mas um quesito básico. Por isso, estar atento às mudanças do mercado é fundamental. Nesse sentido, a Logística 4.0 mostra sua importância.

Considerada como a evolução da logística tradicional, a Logística 4.0 é o resultado da transformação digital gerada pela Quarta Revolução Industrial e é  sobre a importância desse conceito que vamos falar neste artigo.

O que é e como surgiu a Logística 4.0

A Logística 4.0 é consequência da transformação digital gerada pela Quarta Revolução Industrial, quando foram desenvolvidas tecnologias como:

  • Internet das Coisas (IoT);
  • Machine Learning;
  • Inteligência Artificial;
  • Big Data;
  • Computação em Nuvem;
  • Sensores;
  • Simuladores;
  • Impressoras 3D;
  • Robótica e muito mais.

Realidade em países da Europa e da América do Norte, a Logística 4.0 está cada vez mais presente e crescendo também no Brasil, onde a indústria vem se adaptando e vivenciando na prática o conceito. 

A Logística 4.0 é a evolução da logística tradicional, ou seja, antigos processos passam por transformações com o objetivo de aumentar produtividade, eficiência, lucratividade e praticidade.

Por meio da informatização, ferramentas obsoletas são substituídas por sistemas automatizados e passam a funcionar de forma integrada e interconectada, facilitando a rotina de empresas e otimizando ainda mais as operações.

Resumidamente, a Logística 4.0 é a combinação dos mesmos princípios da logística tradicional, porém com um conjunto diferente de componentes, como contêineres, veículos, paletes e sistemas de transporte inteligentes. Eles constroem um fluxo de abastecimento automatizado, que funciona em rede, criando um ecossistema operacional completamente moderno e prático.

Apesar de similares, são conceitos diferentes, assim como Logística 4.0 é diferente de cadeia de suprimentos ou supply chain. Enquanto o primeiro conceito foca em questões de transporte, armazenamento e estoque de mercadorias, o segundo contempla todas as etapas e processos relacionados à aquisição e ao fornecimento de produtos.

Para ficar mais claro, entenda um pouco da evolução da logística.

A evolução da logística

É importante entender que a Logística 4.0 não existe sem a indústria mundial. Portanto, a história de um está diretamente interligada à história da outra. Há registros de que a logística começou a ser utilizada pela primeira vez pela civilização egípcia antiga, que possuía armazéns para grãos para servirem como estoques, em tempos de cheias e secas do Rio Nilo.

Desde então, a logística evoluiu até os dias atuais passando pelas seguintes fases:

Primeira Revolução Industrial

Foi durante a Primeira Revolução Industrial (1760 a algum momento entre 1820/1840) que surgiu a máquina a vapor, a manufatura e, consequentemente, o começo da industrialização.

Segunda Revolução Industrial

Já na Segunda Revolução Industrial (entre 1850/1870 e o fim da Segunda Guerra Mundial, entre 1939/1945), houve a evolução na indústria química, elétrica, de petróleo e do aço, além de progressos na comunicação e nos meios de transporte.

Terceira Revolução Industrial

Também conhecida como Revolução Técnico-Científica-Informacional, a Terceira Revolução Industrial representa um período de avanço tecnológico que uniu ciência e indústria com o advento da internet, em meados do século XX.

Foi nessa época que começaram a surgir as primeiras ideias sobre robótica e inovações revolucionárias e quando foram desenvolvidos sistemas capazes de gerenciar as atividades logísticas, automatizando as etapas de compras e o gerenciamento de materiais e recursos. 

Também é nesse momento que são criados os e-commerces, que alteraram consideravelmente as etapas de distribuição e controle de estoque.

Quarta Revolução Industrial

A Quarta Revolução Industrial ou Indústria 4.0 utiliza conceitos de sistemas ciber-físicos, Internet das Coisas e Computação em Nuvem. O foco é a melhoria da eficiência e da produtividade dos processos.

Essa é a era da informação e dos dados superconectados, que, alavancada pelas novas tecnologias, ocasionou transformações nos mais diversos setores da indústria e, dentre eles, deu origem à Logística 4.0.

Como a Logística 4.0 pode impactar a sua empresa?

O principal objetivo da Logística 4.0 é modernizar toda a operação desde o planejamento estratégico até os estoques, por meio do uso de tecnologias que melhoram o fluxo de suprimento de matérias-primas, produtos semi-acabados e acabados para atender às necessidades do cliente. Portanto, o conceito se torna essencial para pequenas, médias e grandes empresas.

Como consequência da implantação da Logística 4.0, os processos de automação da empresa ficam mais rápidos, simples e práticos e a empresa obtém benefícios como:

  • Redução de custos;
  • Digitalização do ecossistema logístico;
  • Geração de novos modelos de negócios e parcerias;
  • Mais segurança, transparência e visibilidade nos processos internos e externos.

Ou seja, a Logística 4.0 é importante para qualquer empresa, mas é necessário que seja feita com maestria. Caso contrário, a empresa só digitalizará processos sem eficiência. Por isso, é fundamental aliar Logística 4.0 com ERP.

Qual é a função do ERP na Logística 4.0?

Primeiramente, vale lembrar que ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning e é um sistema de gestão integrado que unifica diversos processos de uma empresa de forma online e em nuvem, ou seja, em servidores remotos.

Isso quer dizer que o ERP não precisa estar instalado em um computador, o que garante mobilidade, já que, por meio de qualquer dispositivo conectado à internet, é possível acessar o sistema, de modo que ele não fica restrito às paredes da empresa. O ERP já faz parte da Indústria 4.0, da inteligência de processos e da própria Logística 4.0.

Todos os dados coletados na empresa são agrupados e traduzidos para uma simples visualização em dashboards. O recurso permite que a gestão tome decisões rápidas e mais estratégicas, o que facilita todo o processo de logística de uma empresa, já que a conexão entre colaboradores, maquinários e rede é imediata.

Assim, todos os pontos de contato da empresa ficam interconectados, aumentando a velocidade de entrada e saída de produtos, assim como a eficiência da empresa como um todo. 

O ERP garante muitos ganhos no gerenciamento de processos em indústrias e empresas. Adotar um sistema web, sempre conectado, torna o negócio mais produtivo e lucrativo.

Conheça o WMS da Sankhya 

Logística 4.0, ERP, inteligência de processos e a própria Indústria 4.0 são conceitos em constante desenvolvimento e mudança. O ERP da Sankhya, por exemplo, auxilia em gerenciamento de processos, automatização de funções, otimização de recursos e garantia da execução eficiente de todas as atividades de uma empresa.

Para ajudar a lidar com o alto volume de processos envolvidos na gestão de um atacado distribuidor, criamos o WMS (Warehouse Management System) da Sankhya.

Com ele, é possível assumir o controle sobre entrada e saída de produtos, depreciação e validade, espaço para armazenagem, custos operacionais, logística, gestão de equipe e outros diversos controles e indicadores da empresa, como filial, local, série, data, lote, tamanho, cor e outros.

A ideia é otimizar todos os processos da empresa e gerenciar os estoques de forma automatizada.

Veja o WMS da Sankhya em pleno funcionamento em um dos nossos clientes

O WMS da Sankhya apoia gestores e empresários no aumento da produtividade da equipe, melhorando a performance na utilização dos equipamentos, tornando todo o processo mais ágil, rápido e integrando todas as atividades do armazém:

  • Armazenagem;
  • Separação (Pulmão/Picking)
  • Conferências/check-out;
  • Ressuprimento;
  • Movimentações;
  • Etiquetagem;
  • Liberação para faturamento e muito mais.
Sobre o autor
Redatora Sankhya

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.