Pular para conteúdo

O que é Business Intelligence e como aplicar na sua empresa

Conheça um pouco mais sobre business intelligence, sua importância para as empresas e para que serve a análise de dados....

Business Intelligence

Mais do que um termo da moda que dá nome a cursos de MBA, ilustra capas de livros e é citado em conversas de desenvolvedores, o Business Intelligence, ou BI, é usado por empresas para tomar decisões mais inteligentes com dados confiáveis

Se você busca melhorar a performance da sua gestão, comece conhecendo um pouco mais sobre BI, sua importância para as empresas e para que serve a análise de dados. Boa leitura!

O que é Business Intelligence?

Business Intelligence, ou BI (Inteligência de Negócios, em português), é um conjunto de processos sustentado pela tecnologia para analisar dados e apresentar um panorama de informações do negócio com objetivo de apoiar gestores e profissionais a tomarem melhores decisões.   

Também conhecido como Inteligência Empresarial, o propósito do BI não é fornecer respostas a alguma pergunta específica, mas sim gerar informações concretas e análises profundas que são usadas como ponto de partida para mudanças positivas na empresa

Aqui, é necessário compreender a importância da cultura data driven, na qual a organização é orientada por dados e mantém em sua rotina práticas e ferramentas para a construção de uma base sólida de dados.

Os dados podem ser os provenientes de fontes externas, como indicadores econômicos, estatísticas e pesquisas, e os gerados internamente de acordo com as atividades da empresa, reunidos, por exemplo, em planilhas, programas de CRM (Customer Relationship Management) ou sistemas ERP.

Como o BI funciona?

O Business Intelligence engloba uma variedade de ferramentas, aplicativos, teorias e metodologias que ajudam as empresas a tomar decisões mais inteligentes baseadas em dados. 

Basicamente, o funcionamento do BI ocorre em 4 etapas para transformar os dados brutos em insights e informações acionáveis. Vamos entender um pouco mais a seguir:

1. Coleta de dados

Os dados são extraídos de diferentes fontes, como comentamos anteriormente, e processados para serem armazenados em um único local, chamado Data Warehouse.  

Dessa forma, o gestor passa a contar com um conjunto abrangente de dados que ajudará na criação de indicadores empresariais eficientes para consulta e análise.

2. Análise de dados 

Esta etapa busca por padrões e exceções que forneçam uma visão do estado atual do negócio. Isso é realizado pelo processo de mineração de dados (em inglês, Data Mining). 

De acordo com a documentação técnica da Microsoft, “a mineração de dados é o processo de descoberta de informações acionáveis em grandes conjuntos de dados”. 

As ferramentas de BI apresentam os padrões encontrados em vários tipos de modelagem de dados, como exploratória, descritiva, estatística e preditiva, o que possibilita prever tendências e identificar inconsistências.

3. Visualização de dados 

Agora, para facilitar a compreensão das informações encontradas, é fundamental contar com uma ferramenta de BI que entregue uma boa comunicação visual

Aqui os dados são apresentados por meio de relatórios analíticos, resumos, painéis gráficos, mapas e outras representações visuais para que gerentes, executivos e outros profissionais possam consultar e entender com rapidez os resultados das análises. 

4. Tomada de decisão 

Por fim, com a exibição de dados atuais e históricos relacionados às operações, processos, vendas e outras atividades da empresa, o gestor pode avaliar em tempo real a situação do negócio, obter insights e partir para a ação.  

Qual é a importância e para que serve o Business Intelligence? 

Para uma empresa se manter competitiva, é fundamental que ela lide com os dados de forma estratégica. Não há mais espaço para “achismos” em um ambiente de transformação digital, em que estamos cada vez mais inseridos.  

Há alguns anos, os gestores precisavam fazer todo o processo de análise empresarial de modo manual, demorando a identificar falhas e perdendo o timing para oportunidades. O Business Intelligence traz economia de tempo e de esforço para a gestão, uma vez que, por meio da coleta e da análise de dados, é possível obter informações valiosas para o negócio. 

Com o BI, os gestores podem atuar de forma preventiva, ao enxergar anomalias ou divergências, em vez de agir apenas na correção de falhas. Além disso, o BI otimiza processos, fornece parâmetros de comparação e possibilita compartilhar análises entre os departamentos.

De modo prático, o Business Intelligence pode ser usado para: 

  • Trazer maior eficiência aos processos operacionais;
  • Conhecer o comportamento do cliente e identificar padrões de compra;
  • Acompanhar as vendas e a performance financeira de forma concreta;
  • Descobrir novas oportunidades de negócios;
  • Identificar onde há gastos excessivos e reduzir custos.

Ferramentas de Business Intelligence

Há no mercado muitas ferramentas de Business Intelligence que atendem a diferentes finalidades e níveis de usuário. Para escolher a mais adequada, tenha em mente os objetivos do seu negócio e avalie aspectos como: a segurança dos dados, a interface do usuário e a integração com outros softwares.

Entre as ferramentas de BI mais conhecidas, podemos destacar:

Power BI

A plataforma da Microsoft é uma das mais conhecidas do mercado. A ferramenta se propõe a ajudar gestores e demais usuários a obterem insights aprofundados sobre os dados, tanto para a tomada de decisões comerciais, quanto para criação de relatórios de análise visual.

O serviço conta com uma versão gratuita e aplicativo móvel gratuito para Android, IOS e Windows Mobile. Há também opções corporativas que facilitam o compartilhamento e a colaboração de relatórios na nuvem.

Google Data Studio

Trata-se de uma ferramenta de BI online e gratuita que converte os dados em painéis interativos e relatórios para inspirar decisões de negócios mais inteligentes

O Data Studio possibilita a conexão com praticamente qualquer tipo de dados por meio de integrações e parceiros. Além disso, é possível realizar o compartilhamento com indivíduos e equipes e ter colaboração em tempo real. 

Adobe Analytics

A ferramenta mescla, junta e analisa dados de qualquer lugar na jornada do cliente e oferece  relatórios versáteis e inteligência preditiva.

A proposta do Adobe Analytics no âmbito do ambiente web é de transformar grandes fluxos de dados em insights úteis para todos

Na análise de marketing, por exemplo, a ferramenta de BI junta todas as fontes de dados do usuário para entregar insights em tempo real que possibilitam uma visão completa do cliente

Tableau

Uma das ferramentas líderes do mercado de BI, a plataforma Tableau é considerada uma solução eficiente para ver e entender os dados.

A empresa oferece opções para desktop e análise na nuvem, além de ferramentas para desenvolvedores e análise incorporada. 

Seu diferencial são os painéis interativos, que se movimentam em tempo real e auxiliam na detecção de padrões visuais para análise de informações.

Além disso, o software inclui recursos para segurança dos dados e ambientes de compartilhamento confiáveis para empresas.

Qlik

A Qlik é uma plataforma para análise e gerenciamento de dados de ponta a ponta que oferece soluções rápidas e na nuvem

A aposta do software é facilitar o acesso dos membros da empresa aos dados e coletar informações de todas as áreas simultaneamente, oferecendo visualizações ricas e simplificadas.

QlikView é a solução clássica de BI da empresa Qlik, que conta com um motor de análise quase instantâneo, para fazer descobertas cada vez que se clicar ou pesquisar algo

A plataforma evoluiu para a QlikSense, que oferece também um mecanismo associativo que realiza combinações de dados de qualquer fonte e utiliza a Inteligência Artificial para gerar insights e sugestões contextualizadas, o que torna a análise de dados um processo fácil, estimulando a alfabetização de dados. 

Business Intelligence no ERP

Um sistema de ERP é uma das principais ferramentas para uma gestão orientada por dados. Isso porque ele já reúne e integra os dados e processos dos diferentes departamentos de uma empresa em um único ambiente

No entanto, mais do que encontrar diversas ferramentas, já existem softwares de gestão inteligentes que possuem o BI entre seus principais recursos, como o ERP Sankhya.

O BI Sankhya é uma ferramenta de inteligência de negócio totalmente nativa. Ou seja, a funcionalidade de BI está disponível dentro da plataforma Sankhya e permite a criação de análises de dados de acordo com a necessidade do gestor e do negócio

Com o ERP Sankhya, os gestores e executivos podem tomar decisões mais assertivas, com rapidez e segurança. Além disso, a plataforma é 100% web e conta com versão mobile.

Como vimos, a utilização dos dados com inteligência é cada vez mais importante para a competitividade das empresas. 

Portanto, se você ainda não faz uso do Business Intelligence na gestão da sua empresa, conheça um pouco mais sobre o construtor de BI da Sankhya.

Sobre o autor
Redator Sankhya

Olá! Este post foi escrito por nosso redator oficial Sankhya. Deixe seu comentário abaixo sobre o que você achou deste texto :)

Conheça o ERP Sankhya na prática

Informe seus dados para acessar o tour pela solução Sankhya.